Resident Evil 7 está agora disponível na Xbox One X, onde tens o incentivo de suporte 4K. A Capcom optou por 1080p nas consolas base, mas na Xbox One normal isto é um problema, o jogo tem dificuldades para conseguir 60 fotogramas por segundo consistentes. A X aborda dois problemas, a nova actualização consegue uma resolução muito superior e consegue a performance desejada. A questão é como se compara com a versão PlayStation 4 Pro?

Vamos aos números. Resident Evil 7 é um jogo onde é difícil acertar na resolução. O estilo "vídeo encontrado" - com campo de profundidade, grainha, aberração cromática e distorções - degradam a imagem para alcançar um efeito cinemático. É difícil acertar na resolução e a diferença entre consolas está mais escondida.

Na análise original à versão PS4 Pro, a Capcom disse-nos que o jogo corria a 2240x1260, com melhorias adicionais na iluminação. Desde então já ouvimos relatos de um número diferente no modo 4K. O VG Tech dissecou a actualização 1.06 na Pro e descobriu uma resolução de 3200x1800, que acreditamos ser alcançada via checkerboard.

Contactamos a Capcom para esclarecimentos e actualizaremos com a sua resposta quando chegar, mas os nossos testes comprovam esses resultados, 1800p - mas ainda não sabemos se é usada checkerboard. Os vestígios associados à técnica estão muito bem escondidos pelos imensos efeitos pós-processamento do jogo. Em movimento, não encontras os sinais; mas explicaria como é possível saltar de 1260p para 1800p. Com checkerboard ou não, os resultados na Pro mostram uma visível melhoria sobre a 1080p da PS4 normal e é um bom modo para jogar numa TV 4K.

Eis Resident Evil 7 na Xbox One X e uma comparação com as versões Xbox One e PS4 Pro.

Com assets similares, a X parece conseguir uma resolução superior, as contagens indicam 3840x2160 nativa. Esta 2160p é, mais uma vez, preenchida por uma forte cadência de pós-processamentos, mas não existem dúvidas que está superior à Pro. Tal como na consola da Sony, existe a possibilidade da Capcom usar checkerboard ou outra técnica de reprojeção temporal para alcançar esse valor, mas a evidência disso em movimento é mínima. Mais uma vez, a Capcom tornou difícil acertar com precisão nestas resoluções.

Se temos 1800p na Pro contra 2160p na Xbox One X, existe um senão. A anti-aliasing é diferente entre as duas e, aparentemente, tem um maior impacto do que a resolução de qualquer uma das consolas. Correr as duas lado a lado é um teste fascinante e em movimento, cada consola tem os seus prós e contras. A Xbox One X, por exemplo, oferece a imagem mais limpa numa consola, de longe, enquanto a PS4 Pro produz mais brilho e ruído visual, especialmente em áreas como a floresta inicial. A imagem sugere que a Xbox One X corre com o equivalente ao modo FXAA+TAA disponível no PC. É extremamente competente e a julgar pelos vestígios em torno de objectos em movimento, a Pro também poderá ter um componente temporal.

O senão na X? Bem, apesar da resolução superior, a imagem é menos nítida do que na Pro. Isto poderá estar relacionado com as soluções anti-aliasing. Não há dúvida que a X consegue uma imagem de melhor qualidade e com menos brilho - mas a abordagem anti-aliasing poderá ser uma espada de dois gumes. Independente do que é sugerido pelo confronto 1800p vs 2160p, tudo se resume à escolha de uma imagem mais limpa mas menos nítida na X ou a imagem mais nítida mas menos limpa na PS4 Pro.

Xbox One XPlayStation 4 Pro
Resident Evil 7 corre a 3200x1800 na PS4 Pro e 3840x2160 na Xbox One X. Poderá usar checkerboard, mas tendo em conta a imagem repleta de efeitos pós-processamento, é difícil dizer com certezas.
Xbox One XPlayStation 4 Pro
A qualidade das texturas é igual nas duas, a qualidade da imagem é a grande diferença.
Xbox One XPlayStation 4 Pro
Os efeitos volumétricos correm numa resolução sub-nativa.
Xbox One XPlayStation 4 Pro
As sombras estão melhores na Xbox One X.
Xbox One XPlayStation 4 Pro
Devido aos métodos anti-aliasing diferentes, o detalhe sub-pixel é menos nítido na Xbox One X.
Xbox One XPlayStation 4 Pro
Uma última imagem para ilustrar a imagem da Pro perante a imagem mais limpa na Xbox One X.

Existem outras diferenças. A resolução das texturas, qualidade do filtro e distâncias de visão estão iguais entre as duas. A única área visivelmente superior na X é a qualidade das sombras. A consola da Microsoft consegue contornos mais limpos, enquanto a consola da Sony apresenta padrões intercalados nas arestas dinâmicas. Não é algo que vais notar, excepto em cenas de dia, mas é um extra para quem joga na X.

O esforço para chegar a 60fps também é bem-vindo. A melhora comparação para realçar isto é com a Xbox One base - a Pro corre a 60fps suaves. A Xbox One X tem tudo para melhorar, comparado com os 50fps vistos na Xbox One base em muitas cenas. A consola mais poderosa consegue grandes melhorias. Mesmo com a resolução superior, a X corre a lindos 60fps, conseguindo um nível de performance totalmente em linha com as versões PS4 do jogo.

Quanto a desejos, melhorar a performance na consola base é uma das mais importantes. Os testes foram efectuados na versão 1.05 e infelizmente, este é o resultado para a maioria dos jogadores. Na X, por mais boa que esteja a performance, não consegue 60fps fixos na maioria do gameplay. A cena na garagem rapidamente desceu para meios 50s. Comparado com a PS4 Pro, a consola da Sony não falha, mas este foi o único local onde encontramos quedas, por isso é um sucesso.

O suporte VR na PlayStation é excelente e é uma funcionalidade que a consola da Microsoft não consegue providenciar - mas para quem joga num ecrã 4K, a Xbox One X oferece um pequeno salto na qualidade visual sobre a decente versão PS4 Pro. Na verdade, ambas correm bem num ecrã 4K - o destaque aqui é a grande melhoria sobre a versão Xbox One base: os jogadores Xbox têm finalmente uma versão fluída e boa de Resident Evil 7, que coloca a experiência a par das versões PlayStation 4, em alguns aspectos acima.

Publicidade

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Mais artigos pelo Thomas Morgan

Comentários (27)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Resident Evil 7 acima dos 5 milhões

Capcom premiada na versão VR.

Resident Evil 7 actualizado para 4K na Xbox One X

O vídeo mostra as diferenças na resolução.