Confronto: Nioh na PS4 e PS4 Pro

60fps, 30fps - ou algo no meio. Tu decides.

Nioh, anunciado quase há uma década atrás, está quase a chegar, e depois de grandes transformações, temos um jogo de acção sombrio, brutalmente difícil, que combina elementos de Ninja Gaiden e Dark Souls num só jogo fantástico. De forma simples, é a Team Ninja de volta à sua melhor forma.

Nioh parece um jogo visualmente conservador - que deixa de lado os modernos efeitos pós-processamento e técnicas mais recentes, em prol de um aspecto mais reservado. Não de vai espantar, mas com o tempo, impressiona. É uma evolução do que a Team Ninja começou em 2004 com Ninja Gaiden - linhas limpas e nítidas, texturas detalhadas, e animação rápida e fluída. Ao invés de recorrer a técnicas como mapa de oclusão em paralaxe, Nioh adiciona detalhe às superfícies através da densidade geométrica, seguindo o exemplo de Dark Souls 3 e Bloodborne.

Nioh tem uma atmosfera incrível graças aos efeitos de iluminação e clima estilizados. A vila varrida pela chuva no início do jogo preenche o ecrã com gotas que, graças a uma técnica screen-space, reflectem a luz das tochas e ataques. O trabalho de texturas está repleto de detalhe enquanto os realces especulares permitem que a iluminação dinâmica encaixe bem no terreno. Os personagens parecem uma evolução do que vimos antes da Team Ninja, arestas redondas e linhas limpas. Irás encontrar muitos elementos de baixa resolução mas o aspecto geral é sólido.

Geralmente, a Team Ninja foca-se em visuais polidos, um rácio de fotogramas rápido e animação fluída, mas Nioh leva as coisas mais além com várias opções à escolha. Existem três modos de jogo - acção, filme e filme variável. O modo acção foca-se nos 60fps à custa da qualidade de imagem, o modo filme bloqueia a 30fps e dá prioridade à resolução, enquanto o modo variável tenta um meio-termo. Todas as opções existem na PS4 e na Pro.

Análise a Nioh com as diferenças entre a PS4 e a Pro nos três modos.

Na Pro, a resolução adaptável assume um grande papel. Após contar os pixeis em inúmeras imagens, encontrámos um leque de resoluções muito variado. Ao usar o modo Acção, Nioh apresenta 1080p, 1728x972, 1665x940, 1472x828 e até 1280x720 em raros momentos. No modo filme apresenta 2160p até 1800p e mesmo 1440p. O modo variável exibe quedas ocasionais para 2304x1296, mas apresenta mapas de sombras com mairo resolução, e a resolução superior ajuda no filtro de texturas.

O mesmo é aplicado na PS4 normal. No modo acção, Nioh passa a maior parte do tempo a 720p, mas frequentemente salta para 1600x900 ou 1728x972. Estas resoluções superiores surgem quando existe pouca acção no ecrã. A qualidade de imagem é menos refinada na consola normal, mas os que querem melhor qualidade, podem jogar no modo filme a 1080p30. Existem algumas quedas na qualidade de imagem, mas está a 1080p quase a 99% do tempo.

A questão principal será a performance. Nioh começa com o modo acção pré-definido. Os jogos da Team Ninja focam-se nos 60fps: desde Dead or Alive a Ninja Gaiden e Metroid Other M, o rácio de fotogramas é o mais importante e Nioh segue isso à risca. O modo de acção chega e mantém este rácio de fotogramas na maioria do tempo, e entrega uma qualidade de imagem razoável. Acreditamos que o modo de acção é a melhor forma de jogar na PS4 Pro.

O modo filme dá prioridade à qualidade de imagem. A resolução sobe imenso, mas o rácio de fotogramas fica a 30fps. A qualidade de imagem fica melhor mas a anti-aliasing pós-processamento significa brilho nas superfícies. Infelizmente, a fluidez da experiência sofre imenso neste modo.

Existem pequenas quedas em cenas mais movimentadas, o que é mau visto que já não estamos sequer a 60fps, mas o problema está na trepidação presente neste modo. Apesar do ritmo de fotogramas estar correcto e o rácio se manter estável, existe trepidação que causa uma experiência inconsistente. É uma sensação que podes nem sequer reparar, e depende muito do jogador. Já o modo variável sofre com este mesmo problema mas com maior gravidade. Agradecemos a inclusão desta opção, mas não se sente muito boa ao jogar.

E na PS4 normal? A grande maioria vai jogar aqui e felizmente, o modo de acção oferece uma performance muito perto da que temos na Pro. Algumas quedas adicionais surgem mas no geral temos 60fps estáveis. O sacrifício está na resolução inferior, que frequentemente fica a 720p. O modo filme sofre com os problemas de trepidação também. Mas mesmo com estes problemas, é bom ter a opção. O jogo corre em modo acção por pré-definição, e é o modo aconselhado, seja na PS4 normal ou na Pro, para ter 60fps estáveis.

Um dos estranhos esforços de optimização resulta na redução da qualidade das animações nos inimigos distantes, que mostram animações menos bem conseguidas. Felizmente, acontece pouco e na verdade apenas o vimos uma vez. Pelo outro lado, um dos melhores aspectos são os tempos de carregamento, muito importante tendo em conta que morrerás imensas vezes. Jogos como Dark Souls 3 e Bloodborne podem demorar 30 ou 60 segundos, mas Nioh demora menos de cinco segundos. A velocidade do carregamento deixa-te voltar para a acção rapidamente.

Nioh é um jogo muito bem desenvolvido, o rácio de fotogramas está superior ao das demos e a implementação Pro é excelente. Combinado com os tempos de carregamento rápidos e as diferentes opções, apenas podemos elogiar o trabalho da Team Ninja. Gostaríamos de ver o modo filme melhorado mas de resto existem poucas queixas. Se és fã da série Souls ou se queres uma sequela de Ninja Gaiden, vale a pena jogar Nioh. É brutal e polido, demonstrando os benefícios de visuais conservadores em prol de refinamento e alta performance.

Publicidade

Salta para os comentários (39)

Sobre o Autor

John Linneman

John Linneman

Staff Writer, Digital Foundry

An American living in Germany, John has been gaming and collecting games since the late 80s. His keen eye for and obsession with high frame-rates have earned him the nickname "The Human FRAPS" in some circles. He’s also responsible for the creation of DF Retro.

Conteúdos relacionados

Pokémon Sword & Shield Review - A série precisa de uma mega-evolução

A transição da Gamefreak para a Switch não é suave.

Pokémon Sword e Shield - Como capturar Zacian e Zamazenta e Pokémon ??? explicado

Cuidado: este guia contém spoilers de Pokémon Sword e Shield!

Pokémon Sword e Shield - Como obter Mew usando a Poké Ball Plus

Como obter este Pokémon Mítico em Pokémon Sword e Shield.

Days Gone distinguido pela sua narrativa nos Golden Joystick Awards

Actualização: Resident Evil 2 eleito Jogo do Ano.

Também no site...

Comentários (39)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários