De momento, a media PlayStation 4K Pro é escassa e queremos tirar proveito do que temos. Horizon: Zero Dawn é um dos jogos mais impressionantes que vimos na PlayStation Meeting e um exemplo fascinante do quão bem funcionam os algoritmos da conversão de resolução, para criar uma melhoria substancia para os donos de ecrãs 4K comparado com a 1080p nativa presente na PS4 normal.

A Sony apresentou versões a 4K, 60fps dos vídeos do evento e apesar de Horizon correr a 30fps, a resolução temporal adicional torna possível a análise ao rácio de fotogramas com gráfico tempo de fotograma correcto, dando-nos o primeiro olhar ao trabalho em desenvolvimento na nova consola PS4.

É um jogo a 30fps com quedas ocasionais, esperado num jogo com meses de desenvolvimento pela frente. Horizon também é um exemplo interessante da conversão de resolução a 2160p em xadrez por equipamento da Sony. Infelizmente, os bens fornecidos não são bons o suficiente para ter uma ideia de como isto funciona, mas juntamente com o vídeo, a Sony apresentou imagens 3840x2160 que podes ver aqui.

Um olhar à performance de Horizon, derivada de um vídeo 4K a 60fos fornecido pela Sony. Reparem que ainda faltam meses para o lançamento e devemos esperar melhorias na performance - considerem isto uma amostra do jogo como está agora.

Para os que estão curiosos em ver a abordagem da Sony à 4K, é um bom começo, e as imagens parecem ser retiradas do framebuffer a não bull-shots - existem pequenos artefactos em torno de elementos alpha, tais como o cabelo de Aloy. Para os que têm ecrãs 4K, recomendamos a visualização em ecrã completo para ter uma ideia de como é o jogo na consola. Falta a HDR, mas a riqueza do detalhe está lá.

Também confirmamos que as melhorias na PS4 Pro para os que têm ecrãs 1080p estão limitadas a super-sampling (a imagem 4K é convertida para 1080p, resultando em excelente anti-aliasing), apesar de Hermen Hulst, director de gestão na Guerrilla Games, dizer que uma performance mais consistente poderá ser possível.

De todos os jogos que vimos na PlayStation Meeting, Horizon não foi só o mais impressionante - foi também o jogo com o qual passamos mais tempo. Em breve teremos mais observações e um artigo mais robusto.

Publicidade

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Mais artigos pelo Richard Leadbetter