PS4 Pro dá aos jogadores de Battlefield 1 vantagem no multijogador

Mais suave e com melhor resposta.

Battlefield 1 a correr na PlayStation 4 Pro apresenta uma tangível vantagem na performance sobre quem joga na PS4 normal, oferecendo uma potencial vantagem no gameplay. Nos nossos testes, existe até 47% de vantagem no rácio de fotogramas em cenários em que o Frostbite está debaixo da maior pressão.

Ficamos impressionados com as melhorias na PS4 Pro feitas ao Frostbite quando testámos a campanha, mas a questão que permanecia era sobre a vantagem na performance no multijogador. Rácio de fotogramas superior significa menor latência, significando melhor resposta e uma experiência mais suave. Isto oferece uma vantagem tangível para quem joga na Pro, que surge no seu melhor nos jogos de 64 jogadores, onde o motor enfrenta os seus maiores desafios.

Não foi fácil testar o multi. Jogar repetidamente o mesmo nível não resulta: o gameplay é tão dinâmico que os resultados de cada sessão seria insignificantes, especialmente nos modos de 64 jogadores em que os jogos Battlefield apresenta profundos desafios à CPU - e GPU - nas consolas actuais.

A solução? Compramos uma segunda cópia do jogo e jogámos na PS4 Pro e PS4 lado a lado na mesma sessão, os jogadores no mesmo esquadrão, um atrás do outro. Isto aproxima a carga GPU, enquanto o stress sobre a CPU deve ser muito similar - as tarefas CPU como físicas e processamento em segundo plano dos movimentos do jogador deve ser quase idêntico nas duas consolas que correm os mesmos momentos de jogo, que computam a mesma acção.

Vídeo da PS4 e PS4 Pro do mesmo jogo multi capturado e analisado.

Baseado na nossa sessão, a Pro oferece uma vantagem de 10-15fps - vantagem que parece bem consistente independente do quão baixo a PS4 normal cai, por exemplo, um registo mínimo de 32fps chega como 47fps no mesmo ponto na Pro - um aumento de 47% na performance (assumindo uma margem de erro, pois a renderização não é completamente igual). Também é interessante a maior consistência dos tempos de fotograma na Pro. Battlefield 1 corre com v-sync, significando que o tempo de fotograma alvo é 16.7ms - 60 fotogramas por segundo. Quando a performance desce podemos ver 33ms ou até 50ms de tempo de fotograma na PS4 normal - nos nossos testes, a Pro nunca excedia os 33ms. No calor da acção, a Pro oferece um feedback visual superior e uma melhor resposta, apesar de os 60fps fixos não serem possíveis em cenas exigentes.

A natureza dinâmica do jogo torna difícil as comparações visuais, mas além da melhoria na performance, Battlefield 1 também mantém uma vantagem na resolução na Pro, e não é difícil imaginar que as suas outras melhorias na campanha - texturas, efeitos e detalhe nos terrenos melhorados, também estejam no modo Pro. Todas estas melhorias beneficiam o jogador, quer esteja com uma TV 4K ou no modo 1080p (onde a imagem de maior resolução é convertida para 1080p).

A habilidade de cada jogador é o factor principal mas os jogadores de topo vão tirar maior proveito a jogar na Pro - é mais suave e tem melhor resposta. Os nossos testes foram feitos nos servidores para 64 jogadores, mas devem aplicar-se ao resto do jogo. Esperamos que a versão Pro fique mais perto dos 60fps do que a versão PS4 normal. E uma forte melhoria para a Pro, mas interfere com o conceito de equilíbrio no multi das consolas? Será interessante ver a resposta da comunidade, e o Digital Foundry contactou a Electronic Arts para saber mais.

Como nota final queremos falar dos relatos e discussão sobre performance reduzida na PlayStation 4 Pro desde a introdução da actualização 1.04 ontem, causando especulação que as funcionalidades Pro foram desactivadas. A anti-aliasing temporal foi ajustada, mas as melhorias Pro não foram desactivadas pois os nossos dados foram capturados com o jogo a correr a actualização 1.04. Também repetimos uma pequena secção da campanha e não vimos nenhum impacto óbvio na performance.

Publicidade

Salta para os comentários (82)

Sobre o Autor

Richard Leadbetter

Richard Leadbetter

Technology Editor, Digital Foundry

Rich has been a games journalist since the days of 16-bit and specialises in technical analysis. He's commonly known around Eurogamer as the Blacksmith of the Future.

Conteúdos relacionados

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

ArtigoAs datas de lançamentos dos videojogos para 2019

Star Wars Jedi, Death Stranding, Shenmue 3, Pokémon e mais.

Também no site...

Comentários (82)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários