Star Wars Jedi: Fallen Order - Patch aperfeiçoado da PS5/Xbox Series - todas as atualizações testadas

Uma nova versão nativa da aplicação vs. o patch de retrocompatibilidade existente.

Temos de dar crédito aos talentos e capacidades dos produtores de videojogos que tantos jogos da anterior geração ainda hoje se aguentam - então porque não aproveitar a potência extra das consolas PlayStation 5 e Xbox Series para empurrar a qualidade visual e as taxas de fotogramas para o nível seguinte? E é tudo mais agradável se a atualização for gratuita, como é o caso do Star Wars Jedi: Fallen Order. Esta é ainda mais fascinante porque já tivemos um patch de retrocompatibilidade - embora não fosse sem os seus problemas, por isso transportá-la como uma aplicação nativa deveria permitir que as novas consolas libertassem mais do seu potencial. A promessa? Texturas de maior resolução, melhores tempos de carregamento, taxas de fotogramas mais suaves e melhor qualidade de imagem em geral.

Na realidade, há a sensação de que as melhorias não são exactamente um game-changing - mas são certamente úteis, especialmente na PlayStation 5, onde o patch anterior não tinha a capacidade de explorar um modo de qualidade a 30fps. Anteriormente havia apenas um modo de desempenho a 60fps de 1200p na PS5. Entretanto, no lado da Xbox, a situação revelou-se melhor. Mesmo antes deste último patch, a Series X oferecia um modo de desempenho alternado para jogar 60fps a uma gama dinâmica de 1080p a 1440p, juntamente com um modo de qualidade 1512p-4K.

Eis o que pensamos do novo patch de Fallen Order para as consolas PS5 e Xbox Series.

Os dois modos, e os limites de resolução para cada um, permanecem todos essencialmente em vigor na Series X após o patch. De facto, a contagem de pixéis da Series X atualmente mostra cada modo a atingir o alvo DRS máximo na maioria das vezes; um nativo 1440p em modo de desempenho, e um nativo 4K para o padrão a 30fps. Por isso, são boas notícias. Na versão S, a Serie S, nomeadamente, só tem um modo 60fps na nova atualização - por isso, curiosamente, não há opção de alta resolução a 30fps. Ainda assim, a Series S a 60fps mantém consistentemente a resolução em cerca de 1080p. Mas é a PS5 que mais beneficia - o modo de qualidade dinâmica 4K30 regressa e a opção de desempenho está de volta, desta vez proporcionando uma experiência dinâmica de 1440p60.

Os tempos de carregamento são definitivamente melhorados na transição de uma aplicação retrocompatível para uma aplicação nativa: são necessários 16 segundos na aplicação nativa PS5 para carregar em Kashyyykk, contra uma espera de 32 segundos na aplicação PS4 - uma economia de 50 por cento. Tendo em conta que renascer em determinados pontos num planeta representa um enorme desafio, ter a espera cortada ao meio na PS5 é uma grande vitória. E, sim, a execução do mesmo teste na PS5 e na Series X mostra um ganho semelhante para os lados da Xbox, com a Series X apenas um segundo depois. Em termos de atualizações visuais, a melhoria é bastante subtil, em termos gerais. Comparando a Series X com a Xbox One X em modo de qualidade, há algumas atualizações de textura e sombra. No entanto, na maioria das áreas é praticamente idêntico em ambas as gerações, mas os elementos seletivos são melhorados - e é o mesmo também com a PS5.

Observando os testes de desempenho, há aqui uma ligeira sensação de desapontamento. O grande problema com a retrocompatibilidade é o engate e a gaguez ao longo da experiência - talvez seja de esperar tendo em conta que mesmo um PC de gama alta tem o mesmo problema. Para além desta questão, o modo de qualidade 30fps não tem qualquer problema em manter o seu nível de desempenho. Tanto a PlayStation 5 como a Series X atingem os 4K nativos, mas é possível uma descida para uma escala de renderização de cerca de 80% em ambas. Ambas têm bons resultados em termos de taxas de fotogramas, mas o engate vai sobressair nalguns pontos.

Esta não é a primeira atualização de Fallen Order - aqui está o que pensámos do patch de retrocompatibilidade lançado em Janeiro.

Olhando para o modo de desempenho 60fps, os cenários devidamente limitados por GPU que vimos no patch anterior são muito melhorados na nova aplicação nativa: as cutscenes são um bom teste de stress neste caso, com quedas para os 50fps baixos, não corre a 60fps fixos. No entanto, este modo também tem o mesmo problema de gaguez. Comparando o código de retrocompatibilidade da PS4 Pro a correr na PS5 contra a nova aplicação nativa, é um pouco dececionante ver que a gaguez parece praticamente a mesma em alguns cenários, embora seja um pouco melhor em outros. A Xbox Series X? Funciona de uma forma muito semelhante. Ambas as máquinas visam 1440p neste caso, mas mais uma vez, a resolução dinâmica é amplamente utilizada e enquanto nenhuma das versões parece atingir 1080p nos seus piores momentos, ambas aproximam-se da mesma.

Tudo isto nos deixa com a Xbox Series S, visando 1080p60 - sem modo de qualidade 30fps à vista. O desempenho está maioritariamente bloqueado a 60fps ao longo da sua duração, mas não é tão sólido como o que vemos nas consolas mais capazes, mesmo com o que parece ser uma janela de resolução dinâmica 720p-1080p. Notavelmente, no cockpit da nossa nave cai para os 50s. E sim, os problemas de transmissão de dados encontrados nas outras máquinas também estão aqui presentes.

Portanto, no geral, é um pouco confuso. Há melhorias na qualidade dos elementos e das sombras, os tempos de carregamento são melhores e a PS5 recebe um modo de qualidade de 30fps que não tinha anteriormente. No entanto, o jogo ainda não tem o nível de polimento que merece. As falhas visuais também continuam a ser um problema, mesmo mais de um ano após o lançamento. Ainda assim, o patch é uma boa melhoria e há muito para desfrutar em Fallen Order e falhas à parte, é uma excelente altura para o experimentar.

Salta para os comentários (24)

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry  |  cataferal

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Conteúdos relacionados

A criação do mundo aberto imersivo em Horizon Forbidden West

Guerrilla Games aposta num realismo em constante evolução.

Lançamento de Uncharted: Legacy of Thieves Collection para breve

Já foi classificado pela Entertainment Software Rating Board.

Godfall Challenger Edition gratuito na Epic Games Store

É a mesma versão do PlayStation Plus.

Eis os jogos Xbox Live Gold para dezembro

Atualizado: confirmado oficialmente.

Os grandes lançamentos de Dezembro nos videojogos

Halo Infinite, Solar Ash, The Gunk e mais.

Também no site...

Os melhores jogos para oferecer este Natal a quem tem uma PS5

Estás com dúvidas em qual comprar? Nós ajudamos.

Netflix mostra pequeno teaser da série Resident Evil

Cerberus é a estrela desta pequena amostra.

Novas informações sobre BioShock 4

Das profundezas até às nuvens, para aterrar na Antártica.

Cristiano Ronaldo eleito como um dos melhores da Champions em FUT22

Os melhores da Fase de Grupos chegam ao jogo.

Comentários (24)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários