Análise à Performance: Uncharted 4 multiplayer beta

Digital Foundry testa a beta antes da sua chegada.

Agora já podes jogar Uncharted 4. Quem comprou a Uncharted: Nathan Drake Collection pode aceder à beta multi-jogador. Temos dois mapas: a ilha vista no Paris Games Week e outro nível em Madagáscar - um mercado que irás reconhecer da demo a solo da E3 2015. Como prometido, temos 1600x900 no multi (o single corre a 1920x1080) mas o que espanta é como melhorou o seu esforço para correr a 60fps.

Chamada Beta 1.03, a nova versão corre mais suave do que a amostra do PGW. Anteriormente, o mapa na ilha indicava a necessidade de optimização. Destruição por físicas deixava partes do cenário a flutuar, e tivemos soluços num local em que até esse acontecimento não tinha problemas. De resto, tudo apontava para algo soberbo, merecedor de estar ao lado da porção a solo. Um grande destaque mas via-se que ainda estava a precisar de trabalho.

De certa forma, ainda acontece na beta - mas pelo menos tem um nível de polimento esperado da versão final. Apesar de estar à mercê do mesmo caos 5 vs. 5, as quedas estão lá, mas a maioria da experiência corre a 60fps mais suaves. Existem ganhos na estabilidade geral que mantém a acção perto desse número - e o fluir do jogo é melhor. Especialmente na ilha, onde ainda não tivemos os mesmos soluços que a versão PGW.

Aceitando que a nova beta como 60fps na maioria do tempo, alguns momentos maus ainda surgem. Depois de um dia a jogar com 10 jogadores, as quedas mais óbvias vão para 50fps. Não são frequentes o suficiente para distrair - frequentemente causadas por itens especiais como uma bazooka, ou muitos side-kicks, ou relíquias. Não afecta a tua capacidade de controlo mas quando tudo se reúne no centro do mapa, as quedas tornam-se perceptíveis.

A performance da beta está mais estável do que anteriores versões. 60fps é o alvo neste jogo competitivo e na sua maioria, o Naughty Dog consegue, excepto algumas quedas para 50fps ao usar as relíquias.

Ainda não estamos a 100% em termos de performance mas está melhor. São mais óbvias as causas e consequências das quedas, onde acontecem, mas infelizmente estão limitadas ao uso de poderes únicos. Até agora, ainda não vimos os mesmos erros nas físicas, excepto momentos caricatos em que um inimigo derrotado voa pelo mapa após uma rajada de tiros.

É o mesmo no novo nível em Madagáscar. Este mapa oferece os mesmos 60fps apesar da diferença no design. Ao invés de florestas densas, a acção decorre num mercado aberto, flanqueado por umas obras. As físicas de destruição são mais importantes aqui; existe dano no cenário e até veículos que explodem.

Temos 60fps estáveis na maioria mas estas físicas dinâmicas significam uma leitura mais baixa de 45fps. Perceptível ao combinar relíquias e side-kicks na praça central; momento raro. Madagáscar é o mais problemático dos dois mapas, especialmente no seu centro - mas é algo anormal comparado com a performance geral.

Este nível é uma versão reduzida do que vimos na demo single na E3 - uma corrida pela colina abaixo onde vimos Drake a passar por estes locais. Isto é para servir as necessidades de um bom mapa multi. Os turistas desapareceram e tudo o que vimos da incrível set-piece foi reduzida a uma arena simétrica. Os 30fps da aventura a solo permite melhorar os visuais enquanto o multi opta por 60fps para controlos mais firmes e certos elementos são inferiorizados.

A contra-partida mais perceptível é o uso menos liberal de físicas. Nas bancas do mercado existe uma óbvia redução na densidade de objectos - mas os objectos ainda caem como esperado. Também não temos o efeito de lama na roupa, um segmento do mapa deixa-te recriar a sequência na lama da demo E3. De resto, a estética aguenta-se; um vislumbre da experiência a solo mas feita para modo competitivo - onde cada canto é fácil de reconhecer.

Ainda faltam alguns meses para chegar Uncharted 4, 18 de Março, mas como marco, esta beta pública já mostra muito progresso. A performance pode tremer quando se usam muitas relíquias ao mesmo tempo. No entanto, na maioria do tempo corre a firmes 60fps e esperámos que o Naughty Dog consiga reforçar ainda mais isto. É uma questão de aprimoramento, a performance já está num ponto bom.

A beta já deve estar disponível a todos que tenham a Nathan Drake Collection (precisas de ficheiro save gerado pelo jogo para entrar). A chegada da beta é oportuna; dá aos fãs a possibilidade de experimentar o motor Uncharted 4 antes do lançamento - uma versão estável e uma amostra aliciante de um dos jogos PS4 mais esperados.

Publicidade

Salta para os comentários (20)

Sobre o Autor

Thomas Morgan

Thomas Morgan

Senior Staff Writer, Digital Foundry

32-bit era nostalgic and gadget enthusiast Tom has been writing for Eurogamer and Digital Foundry since 2011. His favourite games include Gitaroo Man, F-Zero GX and StarCraft 2.

Conteúdos relacionados

Final Fantasy 7 Remake já está nas mãos dos jogadores

Apesar da Square Enix ter dito que existiriam problemas de stock.

Não esperes novidades de GTA 6 tão cedo

Um rumor afirmava que o jogo seria anunciado esta semana.

Jogos do PS Plus de Abril revelados mais cedo

Dois jogos excelentes de géneros diferentes.

Passatempo Predator: Hunting Grounds - Aqui estão os vencedores!

Vão receber códigos de 12 meses do PS Plus.

Também no site...

Comentários (20)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários