Battlefield 2042 abre um Portal temporal para o passado

BF Portal permite construir a experiência que sempre sonhaste.

Este é verdadeiramente um ano muito importante para a série Battlefield. Com o esfumar ao longo dos anos do seu peso e relevância no universo dos jogos competitivos online, temos assistido a uma avalanche de copias de formatos battle royale, que a DICE tem firmemente vindo a esquivar-se, ou não, depois do fracasso do modo Firestorm, não tanto pela sua qualidade, mas sim pela ausência de valor massificado que o tornou impercetível para muita gente. Haverá ainda esperança para Battlefield? Evidente que os seguidores afincos nunca o abandonarão, mas muitos deixaram de acreditar e já transportaram o seu interesse para outras paragens. Este é sim um momento importante e crucial para a série, e não existe margem para fracassos.

A aposta deste ano é muito forte, a produtora tem feito de tudo para que assim o seja. Há muito trabalho por detrás de Battlefield 2042. Diga-se que o empenho de toda a equipa é de enaltecer. Já foi revelada muita informação, mas o conteúdo continua a aumentar a passos largos. Como já sabem, temos na sua essência um Battlefield dividido em três partes: três experiências multiplayer distintas, com a primeira revelada no passado dia 9 de junho, onde observamos o regresso dos clássicos Breakthrough e Conquest ao longo de 7 mapas. Outro que foi levantado pouco do seu véu, foi Hazard Zone, onde a DICE apenas adiantou que será uma experiência mais focada em combates de maior proximidade e intensos, e será algo nunca visto pela comunidade.

Foi na apresentação da DICE a que assisti que foi revelada a terceira variante presente em Battlefield 2042. É uma enorme surpresa para todos. Como disse Christian Grass (General Manager), é uma carta de amor a todos os fãs de Battlefield. O nome encontrado para esta surpresa é nada mais que Battlefield Portal, e só pelo nome e apresentação do trailer, transporta-nos de imediato para os anos dourados da série. Admito que fiquei com pele de galinha quando observei a imagem de marca de Bad Company na granada arremessada ao solo com o famoso smiley. Este pode ser mesmo o momento mais importante da já longa vida da série, e o cruzamento de várias linhas temporais, mais precisamente onde os jogos do passado e do presente, Battlefield 2042, fundem-se duma forma nunca vista. É algo tremendamente único com ínfimas possibilidades de combinações que transportam a experiência de jogo para outro patamar.

Battlefield Portal é uma aposta arriscada, apesar da emoção transmitida por Christian Grass na apresentação, nota-se que é ao mesmo tempo muito consciente. Para esta intereção a DICE ressuscitou conteúdo de três jogos do passado, Battlefield 1942, Bad Company 2 e Battlefield 3, que se juntam ao conteúdo presente em Battlefield 2042. Pelo que é descrito, já se imagina as infinitas possibilidades. Vemos o regresso de mapas como Battle of the Bulge e El Alamein de BF 1942, Arica Harbor e Valparaiso de Bad Company 2, e de BF 3 teremos Caspian Border e Nosharhr Canals. Os mapas foram todos redesenhados, com as tecnologias e hardware atuais a permitirem uma melhoria substancial em todos eles. De referir que todos os mapas de BD 2042 também estarão disponíveis em Portal.

Isto permite uma personalização infinita, e é dirigido principalmente para a comunidade, onde teremos acesso a ferramentas que permitem personalizar os modos de jogo, o Battlefield Builder. Esta ferramenta foi construída para permitir todo o tipo de configurações, e será através de uma página de um browser, seja no PC e até no telemóvel ou tablet, que teremos tudo ao nosso dispor de uma forma muito intuitiva.

KIN_Portal_Screenshot_07_BuilderMode_1920x1080_36533960f60d76eb65c2.24384234

Como exemplo, e pegando de Justin Wiebe (Senior Desigh Director), podemos criar uma Experiência personalizada onde teremos Snipers vs Shotguns. É criada uma partida (Experiência) onde escolhemos os mapas, o número de jogadores, quais as séries que estarão em confronto, tipo Bad Company 2 vs Battlefield 3. Depois são efetuados os passos onde escolhemos os personagens, as armas, veículos, e uma enorme personalização de tudo o conteúdo, como attachments permitidos nas armas, modificadores de recompensas, e podemos continuar a adicionar condicionantes quase sem limites. As Experiências criadas pela comunidade estarão disponíveis para quem as quiser abordar, para além das Oficiais.

É evidente que terá de haver uma enorme revisão de todo o conteúdo das diferentes linhas temporais (jogos), e é isso que a DICE prometeu. Estão a trabalhar em equilibrar tanto as armas como os veículos, para além dos gadgets. Esta tarefa de harmonizar é muito importante para a experiência final, e será em último caso o que ditará a aceitação e sucesso deste universo único em Battlefield.

KIN_Portal_Screenshot_05_CaspianBorder_1920x1080_36533960f60d79f0ba65.52855576
Esta imagem faz-me recuar até ao meu jogo preferido da série, Battlefield 3.

Não vou esconder que estou entusiasmado, principalmente por observar que o conteúdo do meu BF preferido estará presente: Battlefield 3. Portal abre uma linha temporal para um passado glorioso, transportando tudo o que de bom que os jogos do passado têm. É uma experiência nunca vista aqui, sendo uma direção que poderá revitalizar e retirar da estagnação, ou declínio, da série. E não se esqueçam que ainda falta revelar o que Hazard Zone irá trazer. Este ano está bem encaminhado para os lados da DICE, e este esforço é observado no entusiamo transmitido durante a apresentação. O empenho está lá, veremos o resultado.

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Adolfo Soares

Adolfo Soares

Director

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelo Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Conteúdos relacionados

Chernobylite - review - Radioatividade

Conceitos interessantes sem a robustez necessária.

Back 4 Blood recebe trailer dedicado à beta

Já te inscreveste para a luta contra os Ridden?

Artigo | Battlefield Portal é uma carta de amor à comunidade

Joga BF 1942 vs Bad Company 2 vs Battlefield 3. Gostas?

Também no site...

Chernobylite - review - Radioatividade

Conceitos interessantes sem a robustez necessária.

Arquiteto da PS5 escolheu o SSD WD_BLACK SN850 para a sua consola

Fala em várias opções, mas a sua foi esta.

Recomendado | Death's Door - review - The Legend of Souls

Uma cativante experiência do início ao fim.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Comentários (2)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários