Cyberpunk 2077 tem uma caçadeira com 8 canos cujas balas seguem 8 inimigos diferentes

Existem 3 categorias de armas, as inteligentes disparam balas que seguem alvos.

A CD Projekt RED apresentou uma nova transmissão especial dedicada a Cyberpunk 2077, na qual revelou mais cenas deste novo belo jogo e falou com mais detalhe sobre as armas, as suas respectivas categorias, modificações e níveis de raridade.

Durante esta nova Night City Wire, que terminou com a banda sueca Refused a mostrar como é criar músicas para Cyberpunk 2077 e dar vida à banda Samurai, com Johnny Silverhand na voz, ficou marcada pelo olhar especial às armas que prometem tornar toda a experiência Cyberpunk 2077 muito mais dinâmica e imprevisível do que imaginas.

Power, Tech e Smart são as 3 categorias de armas presentes em Cyberpunk 2077 e todas elas tem um propósito específico, que te permitirá abordar de formas diferentes as missões. Estas 3 categorias estão divididas em diversos níveis de raridade e as mais poderosas, as Lendárias, exigirão algumas tarefas difíceis da tua parte.

Um dos exemplos dados foi ter de eliminar um alvo específico que tem uma arma Lendária que mais nenhum outro personagem tem. No entanto, se o matares, ele deixará de te poder ajudar ou não terás mais itens que te possa vender, por exemplo.

Sobre as categorias das armas, a CD Projekt RED explicou que as Power são armas similares às contemporâneas, mas conseguem proezas como disparar balas que ressaltam nas superfícies e acertam em inimigos que estão protegidos ou escondidos. As armas Tech são armas que usam poder electromagnético e disparam projécteis a grande velocidade que até podem acertar em inimigos protegidos atrás de superfícies.

Apesar dos exemplos demonstrados serem todos entusiasmantes, as armas Smart parecem ser as mais fascinantes e os exemplos dados são verdadeiramente excitantes, especialmente pela forma como prometem tornar o gameplay electrizante.

As armas Smart usam miras inteligentes e disparam balas que podem seguir um trajecto móvel que rompe por completo com todas as leis da física que esperas de um jogo que não decorre numa temática futurista. Um dos exemplos uma caçadeira equipada com 8 canos e que pode seguir de forma independente 8 alvos diferentes. Isto dá mesmo a ideia que a equipa pensou em armas e comportamentos balísticos que quebram os moldes convencionais.

Sobre a mistura dos elementos RPG num FPS, a CD Projekt RED diz que V mudará de um mercenário para uma lenda consoante usas as tuas habilidades e sobes de nível. Seja maior mobilidade, maior rácio de disparo, maior eficácia na mira e uma maior velocidade ao movimentar com a arma apontada, os elementos RPG vão assegurar que sentes um evoluir palpável no gameplay.

A equipa teve ainda oportunidade para falar das modificações e como isso afectará as tuas armas. Existem diversas fabricantes de modificações para as armas e poderás reforçar as suas melhores capacidades ou transformar por completo as armas.

Isto foi apenas uma amostra do que a CD Projekt RED está a preparar para Cyberpunk 2077 e certamente teremos outras City Night Wire antes do lançamento a 19 de Novembro.

Outro dos focos foi os Lifepaths, uma mecânica de Cyberpunk 2077 que afectará o tempo que passas em Night City, algo que será perceptível desde o início pois cada percurso tem o seu início específico.

O Lifepath "Street Kid" determina que o teu personagem passou a maior parte da sua vida na cidade e conhece bem todos os seus cantos, está familiarizado com as suas especificidades e sabe o que esperar de cada zona. Se optares pelo "Nomad", és um ex-membro de um clã de nómadas que percorria o deserto e tinha uma forte ligação com a família. Perante isto, no início do jogo terás de descobrir como entrar em Night City e descobrir a cidade.

O terceiro Lifepath é o "Corporate", um ex-membro dos escritórios de uma grande empresa e que está totalmente fora do seu elemento ao vaguear pelas ruas de Night City. No entanto, o tempo passado a gerir negócios na Orasaka faz de ti uma pessoa capaz de ler os outros e de lidar bem com os comerciantes que te vão surgir na cidade.

A ideia da CD Projekt RED para os Lifepaths é fortalecer os elementos RPG e a imersão em Night City, seja através das mecânicas que ditam como o personagem se comporta perante diferentes situações, mas também em algumas missões que podem surgir. Um personagem com um Lifepath Nomad poderá saber lidar melhor com algumas facções, mas o Corporate poderá descobrir as tretas que alguém está a tentar contar.

Salta para os comentários (17)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Nova atualização para Cyberpunk 2077 já disponível

Hotfix 1.21 dá mais estabilidade ao jogo.

Ni No Kuni mobile recebe novo vídeo

Pré-registo arranca na Ásia.

Promoções de Primavera da PlayStation chegam às lojas físicas

Ghost of Tsushima, Black Ops Cold War e muito mais.

Mass Effect original comparado com o remaster

A Bioware mostra as melhorias.

Também no site...

Comentários (17)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários