Shadow of the Colossus renasce na PS4

O remake está impressionante.

Shadow of the Colossus tornou-se num dos grandes clássicos dos videojogos. Lançado já na recta final da PlayStation 2, o título desenvolvido pela Team Ico, com Fumito Ueda ao leme, fechou com uma chave de ouro uma geração que nos trouxe títulos fantásticos que ainda hoje são relembrados. Para homenagear este clássico, e torná-lo mais apelativo para uma nova geração de jogadores, a PlayStation investiu num remake. Sim, é um remake e não mais uma remasterização (já houve uma remasterização para a PlayStation 3 como parte da Ico & Shadow of the Colossus Collection). A Bluepoint Games, um estúdio conhecido pela sua experiência em remasterizações, está a desenvolver de raiz o remake para a PlayStation 4, modernizando-o e dando-lhe uma qualidade visual digna da actual geração de consolas.

Foi na Paris Games Week que tivemos o primeiro contacto com o remake e ficamos impressionados. As texturas de alta qualidade e resolução fazem uma grande diferença e asseguram que não tem um aspecto velho e ultrapassado. Desde o chão, passado pela vegetação, até à pelugem dos Colossus que dá tanto jeito para Wander trepar, não esquecendo a iluminação e as sombras, é notável o excelente trabalho que a Bluepoint Games tem feito. Por outro lado, parece que o estúdio optou por não tocar noutros elementos. As animações dos gigantescos Colossus, de Wander e do seu cavalo Argo, estão idênticas às da versão original. Não é um aspecto negativo. Shadow of the Colossus tinha animações bem desenhadas e este remake prova que sobreviveram ao passar do tempo. Na PS4 Pro, onde o remake vai correr a 4K nativo, o remake é ainda mais bonito graças à nitidez providenciada pela resolução extra:

A framerate, que sofria de constantes oscilações, está bloqueada nos 30 fotogramas por segundo, embora este problema já tivesse sido corrigido com a remasterização para a PlayStation 3. Foram a parte técnica, que é obviamente importante, principalmente quando temos em mãos um remake ou remasterização, importa sublinhar que Shadow of the Colossus continua a ser um jogo grandioso e imediatamente cativante. A simplicidade dos belíssimos cenários, os enormes Colossus e a sensação de partir numa aventura em direcção ao desconhecido continuam a ser os pilares que lhe garantem o estatuto de clássico. O novo esquema de controlos também torna o jogo mais acessível e em conformidade com os jogos actuais, se bem que é possível escolher os controlos tradicionais.

Acima de tudo, Shadow of the Colossus para a PlayStation 4 não parece um jogo antigo, pareceu um jogo novo. É um testamento à qualidade do original, mas também à qualidade do remake. Os fãs devem estar curiosos para saber se há novidades, em termos de conteúdos, perante o original. A resposta é negativa. Não há novos conteúdos, como um mundo expandido ou novos Colossus. É compreensível e só seria justificável caso a Team Ico estivesse disposta tal (não faria sentido que fosse outro estúdio a criar conteúdos). De qualquer forma, o original não tinha falta de conteúdos. Existem dezasseis Colossus para derrotar e todos eles têm uma particularidade para apimentar o desafio.

"Shadow of the Colossus para a PlayStation 4 não parece um jogo antigo, pareceu um jogo novo"

Neste demonstração da Paris Games Week tivemos a oportunidade de encontrar e derrotar três Colossus. O primeiro é o mais próximo que existe de um tutorial. É um jogo que requer que aprendam a jogar por tentativa e erro. Há Colossus mais difíceis do que outros, mas está longe de ser terrivelmente difícil. Embora não haja dicas em texto, elas existem na forma de informação visual. Se prestarem atenção aos pormenores, vão descobrir o método para derrotar estes gigantes. Os confrontos são épicos. Ter um gigante destes perante nós é assustador e entusiasmante em simultâneo. A escala então, deixa-nos com o coração aos saltos. A incerteza causada pela barra de stamina, que limita o quanto conseguimos escalar sem descansar, é o que torna estes embates tão entusiasmantes.

Portanto, se nunca tiveste a oportunidade de conhecer Shadow of the Colossus, este remake para a PlayStation 4 é a oportunidade ideal. Mesmo para aqueles que já jogaram, há razões para voltar a jogar. É um clássico renascido e que encontra na actual geração uma nova casa. O preço de €39.99 torna este remake ainda mais apelativo. Em Fevereiro cá estaremos para jogar a versão final.

Publicidade

Salta para os comentários (30)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (30)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários