Tomb Raider ficou fora da Wii U devido ao seu comando único

Crystal Dynamics não queria fazer um port sem dar atenção especial à consola.

O diretor criativo do novo Tomb Raider explicou numa entrevista com o TrueGaming o motivo pelo qual não houve um investimento numa versão para a Wii U.

Noah Hughes, o diretor criativo, apresenta-se como um fã das consolas da Nintendo e da forma como estas elevam o design da interface, porém, uma interface única tem sempre a desvantagem de requerer atenção especial.

"Estamos a tentar oferecer a mesma experiência nas três plataformas, e ao mesmo tempo oferecer o melhor em cada plataforma. Penso que algo como a Wii U pede-te para fazeres algo único baseado na interface única. Como um jogador é algo que adoro, mas como um produtor, não é uma coisa que queiras fazer com pouco interesse."

O GamePad da Wii U distingue-se dos controladores das restantes plataformas pelo seu ecrã tátil, que pode ser usado para coisas como gerir o inventário ou trocar de armas.

Salta para os comentários (56)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Grupo de scalpers alega ter 3,500 consolas PS5 apenas para revender

Perto de mil foram adquiridas na fase de reserva.

Produtor de Cyberpunk 2077 ainda não acabou o jogo em 175 horas

Mas está a jogar na dificuldade mais difícil.

PS5 receberá Variable Refresh Rate em futura atualização

Sony confirma que a tecnologia chegará à consola.

Também no site...

Comentários (56)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários