WWE 12 - Antevisão • Página 2

Superstars, Divas e Lendas no mesmo pote.

Neste modo para o qual a Yuke's tem vindo a publicitar usando a expressão "bigger, badder and better", as ações do jogador têm um papel importante no desfecho dos combates. Isso chegará ao ponto de o jogador assumir um papel intrusivo, correndo para o estrado de molde a prejudicar o jogo do adversário. É algo comum na modalidade, mas até aqui não existia essa oportunidade para quebrar o ritmo do adversário.

Superstars originais

Criar uma superstar é sempre uma boa opção para adicionar alguma originalidade aos combates. Neste caso vários parâmetros podem ser alterados e assim não será raro defrontarem rivais que se assemelhem a personagens conhecidas de outras franquias. Isto porque é possível definir com um grau elevado vários elementos como a definição do rosto, a robustez e compleição física do lutador. Desde obesos a autênticas figuras espadaúdas, o produto final é uma soma muito apreciável de variáveis e acreditem que dá para fazer de tudo. Depois há ainda o tema de entrada, as poses e as sequências de vídeo, tudo isto bem colocado à disposição para favorecer as preferências do jogador.

Para os combates propriamente ditos a Yuke's desenvolveu a "predator technology". Trata-se de um sistema que altera significativamente a dinâmica de combate, agora com maior ênfase na inovação e estratégia. No início o sistema implica alguma perda de tempo até se penetrar nos procedimentos, especialmente quando se aprisiona o adversário. Em vez do analógico é através dos botões quadrado, triângulo e círculo que se ativam importantes funções de ataque. A combinação entre os diversos golpes permite atacar o adversário sem lhe dar grandes chances para contra-ataque, mas também podemos reagir usando os "shoulder buttons" para reverter alguns "grapplins" e evitar que sejamos diretamente atingidos.

O combate é uma espiral de animação, com sequências que podem ocorrer fora da plataforma de combate. É possível até retirar bebidas de um espetador, ingerir um pouco do líquido contido no copo e atira-lo em esguicho à cara do adversário. Este é só um breve exemplo da possibilidade que é dada para se usar objectos espalhados pela arena para os usar em combate.

Outro aspeto importante prende-se com a atenção dada à transmissão. Em vez um ângulo fixo para transmissão do combate, existe uma transmissão dinâmica do combate com uma captura de ângulos mais próxima dos lutadores, dependendo da aproximação à rede, da saída do estrado ou se os lutadores tombaram.

O roster para WWE 12 é vasto e está previsto o anuncio de mais personagens para breve. Todos os lutadores participantes na modalidade encontram-se devidamente representados. Os corpos impressionam pelo realismo quase fotográfico, muito se devendo ao esforço da produtora em acrescentar mais efeitos em termos visuais e de luz que reforçam essa fidelidade para quem segue estes combates pela TV. Para lá dos protagonistas masculinos existe a opção das divas, sempre em conta para quem tem interesse por incluir as mulheres avantajadas ao barulho.

Para já e na versão "preview" que nos foi disponibilizada, WWE 12 é um jogo que deverá chegar ao mercado com novos conteúdos. Os modos "Road to wrestlemania" e WWE Universe 2.0 serão as grandes novidades e conjugados com o novo fulgor visual e cinematográfico (por via da transmissão dinâmica) serão suficientes para conquistar a adesão dos fãs.

WWE '12 será lançado no dia 25 de novembro para a Xbox 360, PS3 e Wii.

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Cole Cassidy é o novo nome de McCree de Overwatch

Efeitos do processo legal que a Activision enfrenta.

Jogos Project Zero poderão receber mais remasters

Koei Tecmo ficou surpresa com as reações.

Netflix não comprará estúdios de jogos a torto e a direito

Estará atenta a oportunidades que façam sentido.

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários