Exclusivo: Entrevista Pokémon Black & White

Os mestres Junichi Masuda e Mana Ibe.

Desde o velhinho Game Boy que Pokémon se tornou uma série de culto e altamente requisitada entre jogadores das mais variadas idades. Com o lançamento das novas versões Black & White a aproximar-se, foi-nos dada a possibilidade de entrevistar, em Londres, o Sr. Junichi Masuda, produtor e director de títulos da gama Pókemon, e ainda a Sra. Mana Ibe, Designer de modelos para alguns Pokémons da nova versão.

Aproveitámos assim para saber um pouco mais acerca dos novos jogos, ideias futuras ou até mesmo sobre o processo de criação de jogos da série.

Se são fãs da série ou estão curiosos em relação às novas aventuras Pokémon, então não deixem de dar uma espreitadela pelo resto do artigo.

Eurogamer Portugal: Mesmo com a evolução a nível de poderio de consolas portáteis, Pokémon sempre foi uma série com um estilo visual bastante próprio. Quais as novidades para esta versão?

Junichi Masuda: Foi introduzido um novo sistema, chamado "Real System", que possibilita ao jogador manipular o cenário utilizando apenas um botão. Isto é um melhoramento a nível de dinamismo. É exemplo disso a cidade de Castelia, que mostra ao jogador vários ângulos de imagem perseguindo a personagem principal.

Eurogamer Portugal: Além dos ambientes em três dimensões, temos ainda Pokémons mais animados em combate. Em que medida estas opções beneficiam a experiência de jogo?

Junichi Masuda: Os jogadores vão sentir um maior dinamismo com os novos ambientes, e em determinados momentos vão ficar WOOOW (leia-se, boquiabertos).

Eurogamer Portugal: Poderá esta mudança ser um indicativo, ou talvez um pequeno apreciativo, para uma versão na 3DS?

Junichi Masuda: Foi mais um desafio, utilizando as potencialidades da DS, para perceber como este tipo de ambiente se adaptava ao mundo Pokémon.

Eurogamer Portugal: Além de uma versão para a 3DS, falou-se recentemente num novo jogo da série a caminho da Wii. Poderá ser esta a grande aventura Pokémon numa consola caseira que os fãs tanto esperam?

Junichi Masuda: Penso que a portabilidade é algo muito importante para os títulos Pokémon em estilo RPG, senão mesmo umas das suas mais importantes vantagens. Dou muito valor à possibilidade dos jogadores comunicarem pessoalmente enquanto jogam – a interacção pessoal fora do jogo é muito importante. Nessa direcção penso que as consolas portáteis são as mais adequadas para o fazer em aventuras RPG.

Eurogamer Portugal: Seja pela idade dos protagonistas ou até mesmo pela aparência de alguns Pokémons, este Black & White parece um jogo mais adulto. É essa a intenção?

Junichi Masuda: Tentamos atingir uma grande audiência, desde crianças a adultos. Os adultos vão ficar agradados com o brilharete das animações introduzidas e ao mesmo tempo tentamos introduzir conceitos básicos aos novatos – como apanhar Pokémons, por exemplo.

Eurogamer Portugal: Quando tinha 7 anos era viciado em Pokémon. Hoje ainda sou. Qual é a receita?

Junichi Masuda: Eu também continuo a jogar (risos). Tento que os jogadores não se sintam cansados de jogar Pokémon e, nesse sentido, tentamos ir para além das expectativas da audiência. Quando o desenvolvimento das versões Black and White começou pensei: como hei de surpreender o público? Para o fazer temos que ter todos os detalhes em atenção.

Publicidade

Salta para os comentários (14)

Sobre o Autor

Ricardo Madeira

Ricardo Madeira

Colaborador

É redator e dá voz à Eurogamer Portugal. É um dos mais antigos membros da equipa, e ao mesmo tempo um dos mais novos. Confusos? É simples.

Conteúdos relacionados

The Game Awards 2019 - Eis os nomeados

Já escolheste os vencedores?

Nintendo Black Friday - Promoções digitais arrancam a 22 de Novembro

Zelda: Breath of the Wild, Super Mario Odyssey, Dragon Ball FighterZ e mais.

The Lord Of the Rings Season 2 confirmada

Mesmo antes da estreia da primeira.

Também no site...

Comentários (14)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários