Resident Evil Village foi ajustado de acordo com o feedback que RE7 é muito assustador

A Capcom quer um jogo que qualquer jogador pode jogar.

Resident Evil 7 foi considerado muito assustador por alguns jogadores e a Capcom decidiu ter em conta esse feedback e desenvolver Resident Evil: Village para que seja assustador, mas divertido para todos.

Numa recente entrevista, obrigado ao VGC, Tsuyoshi Kanda, produtor em Village, explicou que a equipa de desenvolvimento não queria assustar constantemente os jogadores, alguns ao ponto de nem sequer tocarem no jogo, decidindo focar-se um pouco mais no quão divertido é e não tanto no quão assustador é.

"Quando desenvolvemos um novo Resident Evil, o nosso objetivo não é sempre torná-lo mais assustador do que o anterior, mas encontrar um equilíbrio entre entregar um jogo assustador, mas divertido para os jogadores."

"Algum do feedback que recebemos sobre RE7 é que é demasiado assustador para jogar. Por um lado, é exatamente o que queríamos alcançar por isso, é um grande elogio para nós. Mas ao mesmo tempo, o nosso objetivo é sempre criar algo que com o qual qualquer pessoa se sente confortável em jogar, por isso suavizamos a curva de tensão em Village relativamente a RE7, para que os jogadores não estejam constantemente com medo."

Um dos exemplos do que foi feito para reduzir a tensão é a nova aldeia de Village, um espaço aberto, que cria um tipo diferente de tensão, distante da casa fechada de RE7, onde o jogador tem a constante sensação que tudo é estreito e sufocante.

"Algo ao qual prestamos sempre atenção é à curva da tensão. Também descobrimos que as pessoas podem ficar imunes ao medo se forem constantemente colocadas perante situações ou locais tensos," diz Kanda para explicar que a equipa criou uma experiência para que possas ter momentos em que te deixas relaxar e mais tarde sentir novamente tensão.

Resident Evill: Village chega já a 7 de Maio e já podes jogar as demos do jogo.

Salta para os comentários (71)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Cross-play de Overwatch já está disponível

Em todas as plataformas; PC, Xbox, PlayStation e Nintendo Switch.

Sony quer vender mais de 22.6 milhões de PS5 no próximo ano fiscal

Quer bater record da PlayStation 1 que dura há 24 anos.

Rumor: Ghost of Tsushima a caminho do PC?

Capa do jogo remove referência "Only on PlayStation".

Comentários (71)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários