Assetto Corsa Competizione mantém o realismo na chegada às consolas

Já para a semana, nas versões PS4 e Xbox One.

A versão consolas (Xbox One e PlayStation 4) de Assetto Corsa Competizione chega já na próxima terça-feira, sensivelmente um ano após a publicação no PC, e numa altura de particular popularidade dos eSports no âmbito do sim racing. O estúdio italiano Kunos Simulazioni é responsável por um simulador de automóveis que tem vindo, nesta fase de amadurecimento, a encontrar cada vez mais adeptos e a ver a sua comunidade reforçada, conquistando até o apoio dos pilotos do campeonato GT World Challenge, a prova oficial deste simulador.

A situação de pandemia que assolou o mundo ao longo dos últimos meses e que ainda produz efeitos, levou à interrupção de inúmeros campeonatos, forçando o adiamento de provas. Neste período, não restou outra solução aos pilotos reais que não adaptarem-se, na medida do possível, aos simuladores. Nas últimas semanas, os eSports no sim racing não só cresceram como ganharam grande mediatismo. O mais recente exemplo é as 24 horas de Le Mans virtuais, onde mais de quarenta equipas competiram na prova de duração real, agregando pilotos com experiência nos simuladores aos pilotos verdadeiros que anualmente competem na maior prova de resistência.

Numa prova que mereceu cobertura televisiva através do canal Eurosport, até os jornalistas menos acostumados ao virtual tiveram que olhar para este tipo de competição e registar o profissionalismo na construção e participação de um evento virtual. Esta visibilidade é transversal à globalidade dos eSports, mas é particularmente reforçada no sim racing.

1
Há um modo carreira, assim como eventos especiais.

Ao lançar a versão consolas de um dos mais respeitados simuladores dos últimos anos, a 505 games (editora) e a Kunos Simulazioni (produtora) beneficiam deste particular mediatismo, especialmente na comunidade dedicada às consolas, na qual Gran Turismo foi um dos jogos pioneiros ao trazer para as consolas comportamentos e apresentação realistas dos automóveis. O berço de ACC é claramente o PC, a máquina que melhor se posiciona para proporcionar uma experiência de condução realista.

Sacrifício nas consolas só a nível gráfico

Quem o diz é o produtor e game designer director, Davide Brivio. Integrado num painel formado por pilotos reais como Bryan Heitkotter, Guy Cosmo e David Perel, também eles dedicados à simulação nos tempos de confinamento, refere a existência de compromisso gráfico nas consolas na comparação com o jogo a correr num PC devidamente artilhado. Tudo o resto é o mesmo, do ponto de vista das dinâmicas, danos e grau de simulação do carro em pista. É que a simulação e o realismo de condução são linhas orientadoras de ACC, e se algum sacrifício teria de ser feito, seria na componente gráfica. De resto os jogadores podem esperar uma condução tremendamente realista.

"Os jogadores podem esperar uma condução tremendamente realista"

ACC proporciona corridas à noite e toda uma composição de simulação no comportamento do carro. Da aerodinâmica, passando pelo comportamento e desgaste dos pneus, passando pelos danos e pelas condições atmosféricas dinâmicas, não há elemento que seja deixado ao acaso. Até o foto realismo da condução por dentro é fascinante.

2
No exterior destacam-se as pinturas das equipas que competem oficialmente.

Como produto oficial do GT World Challenge, estamos perante uma categoria específica da competição automóvel. Não é um jogo que abarca diferentes tipos de provas e competições. Aqui os carros são da categoria GT3, veículos modificados e preparados para competição mas que se equiparam a alguns modelos potentes das grandes marcas desportivas. Do Porsche 911 GT3, ao Nissan GT-R Nismo GT3, passando pelo BMW M6 GT3 e Ferrari 488 GT3, não se pode dizer que seja uma lista muito extensa de carros. Pouco mais de uma vintena de bólides, mas todos eles reproduzidos ao mais ínfimo detalhe e pintados com as cores oficiais.

Também os circuitos não são em grande número. Num total de 11 pistas distribuídas por vários países europeus, destacam-se Monza, Hungaroring, Misano, Zandvoort, SPA-Francorchamps, entre outras. O DLC Intercontinental GT Pack vai acrescentar pistas fora da Europa, mais pilotos e equipas. Os jogadores poderão percorrer um modo carreira e participar em eventos específicos.

Em matéria de dados técnicos, a produtora garante um nível de entrada e principiante a todos os jogadores que comecem por jogar com o comando. A melhor experiência passa por um bom set-up. Ao nível de diferenças entre consolas, na PS4 Pro o jogo corre a 1080p, com significativas melhorias na distância do horizonte, melhor anti-aliasing, efeitos pós processamento e partículas. As mesmas melhorias são aplicáveis na consola Xbox One X.

David Perel, piloto da equipa oficial Ferrari, e também dedicado a ACC, refere que as potencialidades dos simuladores são grandes, com vantagens não apenas pelo grau de realismo que a condução proporciona mas por permitirem uma melhor concentração, sem a presença das forças G que habitualmente pressionam os pilotos e criam dificuldades para uma melhor atenção à prova. No sim racing a concentração é maior e por isso a competição tende a ser maior e mais curtos os intervalos entre os pilotos.

Ainda não é certo que ACC possa chegar à PS5 e Xbox Series X. Por enquanto é um jogo exclusivo do PC. A partir da próxima semana também estará disponível nas plataformas PS4 e Xbox One.

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Conteúdos relacionados

Carrefour coloca preço na PS5 e Xbox Series X

A consola da Sony será a mais cara.

Editora indie diz que os jogos mais pequenos "não vendem nada na PS4"

"Depois disto, duvido que lançaremos outro jogo na PS4."

GTA Online será gratuito nos primeiros 3 meses na PS5

GTA 5 chegará na segunda metade do ano com melhorias gráficas e novos conteúdos.

PlayStation Plus perto dos 45 milhões de subscritores

Registou cerca de 3 milhões de subscritores em 3 meses.

Também no site...

PlayStation Plus perto dos 45 milhões de subscritores

Registou cerca de 3 milhões de subscritores em 3 meses.

GTA Online será gratuito nos primeiros 3 meses na PS5

GTA 5 chegará na segunda metade do ano com melhorias gráficas e novos conteúdos.

GTA 5 acima dos 135 milhões de unidades vendidas

Read Dead Redemption 2 ultrapassa os 32 milhões.

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários