Youtuber na lista negra da EA após criticar Anthem

A análise foi considerada demasiado negativa.

A Electronic Arts não gostou do que um Youtuber teve a dizer sobre Anthem e decidiu removê-lo do seu programa "EA Gamechangers".

Depois de Mike Ybarra da Xbox ter criticado os jornalistas chorões e aconselhar ver streamers, Anthem volta a dar que falar por motivos que não estão propriamente relacionados com o trabalho feito pela Bioware.

Anthem chegou hoje às lojas e volta a ser falado devido a algo que a Electronic Arts fez.

A EA decidiu que o vídeo de Gggmanlives não merecia o seu apoio, sendo considerado demasiado negativo para o jogo. Isto forçou o Youtuber a remover o vídeo original, para depois apresentar uma versão ligeiramente editada.

A nova versão, que podes ver em baixo, começa com um pequeno aviso onde Gggmanlives explica que foi banido da lista de Youtubers apoiados pela Electronic Arts e teve de refazer o seu vídeo.

Gggmanlives explicou que teve de apagar o vídeo a pedido da EA para remover o logo da companhia e não mais pertence à lista de bem comportados da companhia.

Anthem está disponível na Xbox One, PC e PS4.

Publicidade

Salta para os comentários (61)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Dreams ganha data de lançamento

Sairá do Acesso Antecipado em Fevereiro.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Também no site...

Comentários (61)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários