Poderá Apex Legends deitar por terra o reinado de Fortnite? O seu lançamento tem sido bastante promissor e os números provam-no: 25 milhões de pessoas já jogaram o free-to-play da Respawn Entertainment, sendo que já foram registados 2 milhões de jogadores em simultâneo.

Claro está, Apex continua a milhas do actual rei do género do Battle Royale - Fortnite - e é importante recordar que outros jogos tentaram roubar o seu título sem serem bem-sucedidos. Isto significa que é necessário a Respawn Entertainment trabalhar afincadamente para conseguir manter o seu mais recente jogo no topo.

Mas como? Qual a abordagem que a empresa deve seguir? É exactamente isto que vamos abordar neste artigo.

Confere todos os nossos guias sobre Apex Legends:

Apex Legends - Personagens, Habilidades, Poderes

Apex Legends - Quais as melhores armas?

Apex Legends - Easter Egg da Nessy

Apex Legends - Tudo sobre o mapa do jogo

Apex Legends - 55 truques, dicas e funcionalidades secretas

Apex Legends - Guia para Principiantes

Apex Legends - Battle Pass, Crossplay na PS4, Xbox One e PC, Microtransacções, Titans e versão Switch

Conteúdo, conteúdo, conteúdo!

Esta é uma das variáveis essenciais para o sucesso de qualquer jogo, ainda para mais um battle royale free-to-play. Olhando para o caso de Fortnite, a Epic conseguiu manter o jogo fresco e interessante, captando a atenção de milhões de jogadores, introduzindo novos itens, novas armas, novos modos de jogo, novas skins, temporadas e eventos - basta trazer ao de cima o evento de Thanos ou de Marshmello para perceberes aquilo a que me refiro.

Apex Legends não se pode dar ao luxo de descansar à sombra da bananeira: é necessário que a equipa trabalhe arduamente na criação de novas personagens jogáveis, novos modos, mapas e todo o tipo de conteúdos para apimentar o jogo, sempre com o cuidado em manter um equilíbrio sólido entre todos eles. Caso contrário, o jogador vai aborrecer-se e seguir para o próximo grande jogo. O ciclo de vida dos videojogos.

ApexLegends_Heros_1280

Mais plataformas

Este é um assunto mais complicado uma vez que envolve a parte técnica do jogo e os dispositivos existentes no mercado, mas não podia deixar de o referir. O fenómeno Fortnite era já grande mas tomou proporções astronómicas quando chegou aos dispositivos mobile, incluindo a Switch, smartphones Android e iOS. Como se isso não fosse o suficiente, o port do jogo para os dispositivos em questão tinha uma qualidade bastante elevada, aumentando ainda mais a fanbase - e os lucros - da Epic Games.

Neste momento, Apex Legends está apenas no PC, PS4 e Xbox One. O jogo parece tecnicamente mais pesado que Fortnite Battle Royale mas seria possível um downgrade ao ponto de conseguir correr no mobile e Switch? Tanto Fortnite como PUBG receberam adaptações mobile, o que significa que, com alguns compromissos e bastante codificação, talvez seja possível criar uma versão portátil de Apex Legends...

Apex_Leg_Ends

Cuidado com as microtransacções

O historial da EA com as microtransacções não foi o melhor - ninguém se esqueceu ainda do problemático Star Wars Battlefront 2, penso eu. Até agora, o esquema adoptado em Apex Legends segue os mesmos princípios presentes em Fortnite, com uma série de itens que podes obter jogando o jogo e subindo de nível ou, para quem está com mais pressa, usando dinheiro real.

Se o jogo continuar a seguir esta linha e não for demasiado agressivo com as microtransacções, poderá então competir de forma mais folgada com Fortnite. De qualquer das formas, o jogo terá um Battle Pass cujo funcionamento ainda pouco sabemos. Esperamos que a EA tenha cuidado acrescido no futuro, especialmente neste tópico tão controverso.

Apex_Legends_review_05_920x518

Expandir o mundo e lore de Apex Legends

Suponho que, por esta altura, já sabes que Apex Legends situa-se no mundo de Titanfall, apesar dos Titans estarem ausentes. Assim sendo, a Respawn tem nas mão um mundo vivo e diverso que deve aproveitar para estender ao máximo, não só desenvolvendo histórias para as personagens principais do jogo mas criando outros enredos, mistérios e segredos neste mundo. Isto é um dos factores que mantém os jogadores interessados e capta a sua atenção.

Foi já anunciado que duas personagens pertencem à comunidade LGBT, um passo importante para dar características mais tridimensionais a estes avatares. Mas porquê ficar por aí? Podem até mesmo seguir o exemplo de Overwatch e lançarem trailers sobre os mais diversos aspectos deste mundo. Quem sabe, usar os próprios Titans, personagens e eventos dos jogos anteriores para dar ainda mais realismo ao mundo de Apex Legends, mesmo que não sejam utilizados para efeitos de gameplay.

apex_legends_especial_760x428

Não destruir o nicho que criaram

Uma das razões que impressionou os jogadores e que os fez aderir imenso a Apex Legends prende-se com o facto do jogo não se inserir numa categoria específica. É uma mistura de Call of Duty, com pedaços de Battle Royale e um toque de Overwatch, envolvido num gameplay rápido e frenético. Assim sendo, é importante que a Respawn não se esqueça que, por mais alterações que faça, deve manter sempre presente esta essência única que distingue este jogo dos restantes.

Até porque, se quisesses jogar Fortnite, Overwatch ou Call of Duty, só tinhas de jogar esses jogos. Apex Legends está, neste momento, a traçar um caminho só para si e é importante que a produtora mantenha sempre a mesma filosofia do jogo, aproveitando o sucesso apoteótico e permanecendo fiel ao que criaram.

Aprender com os erros de Fortnite / Ouvir feedback dos jogadores

Fortnite já está no mercado há mais de um ano e, ao longo do seu percurso, houve uma série de altos e baixos. Armas demasiado ou insuficientemente poderosas tiveram de ser ajustadas, modos de jogo tiveram de ser removidos (como o da Infinity Blade), bugs de peitos saltitantes tiveram de ser corrigidos, entre uma série de outras falhas que a Epic Games teve de consertar.

Assim sendo, a Respawn está numa posição privilegiada: prestando atenção ao percurso de Fortnite e ouvindo sempre com atenção as sugestões / críticas dos jogadores, a companhia poderá evitar muitos erros que já foram cometidos no passado.

Confere todos os nossos guias sobre Apex Legends:

Apex Legends - Personagens, Habilidades, Poderes

Apex Legends - Quais as melhores armas?

Apex Legends - Easter Egg da Nessy

Apex Legends - Tudo sobre o mapa do jogo

Apex Legends - 55 truques, dicas e funcionalidades secretas

Apex Legends - Guia para Principiantes

Apex Legends - Battle Pass, Crossplay na PS4, Xbox One e PC, Microtransacções, Titans e versão Switch

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Mais artigos pelo Jorge Salgado

Comentários (12)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Apex Legends - Guia para Iniciantes

Tudo sobre as Hot Zones, Anel e muito mais.

Apex Legends - Personagens, Habilidades, Poderes

Existem 8 no total por onde podes escolher.

Últimas

Star Wars Jedi: Fallen Order chega no final de 2019, confirma Disney

Figuras, brinquedos e livros do jogo anunciados para Outubro.

Castlevania em formato Pop! da Funko

Personagens transformados em figuras.

Filme Detective Pikachu recebe novo teaser

Pikachu e a magia dos Pokémon.

Joga Resident Evil 2 com Regina de Dino Crisis graças a Mod

Comunidade PC criou vários mods para o jogo da Capcom.

Publicidade