Game Workers Unite diz que é "nojenta" a atitude da Telltale Games em tentar terminar The Walking Dead

O foco devia estar nos ex-funcionários e poderá estar a quebrar leis governamentais.

Na ressaca da falência da Telltale Games na passada Sexta-feira, as manifestações de solidariedade com os trabalhadores da indústria que perderam o seu emprego estão a dar lugar à indignação com a companhia.

Enquanto muitos preferem apoiar o talento que ficou sem trabalho, outros preferem lamentar o cancelamento dos jogos e o fim abrupto da Final Season de The Walking Dead.

Perante os pedidos para terminar a jornada de Clementine, a Telltale Games decidiu reagir e informar que está a tentar encontrar parceiros para alcançar o objectivo desejado por muitos jogadores.

No entanto, isso está a gerar a indignação de várias figuras e está a suscitar imensas críticas.

De manhã, vimos como Cory Barlog, director de God of War, criticou a postura da Telltale, defendendo que se deviam focar em apoiar as pessoas que perderam o trabalho e não o jogo. Barlog foi apenas uma de várias pessoas a demonstrar o seu desagrado.

Agora, os funcionários preparam-se para processar a Telltale por infringir diversas leias dos Estados Unidos da América e surgem críticas da Game Workers Unite sobre a postura da companhia.

Vernie Roberts, ex-funcionário da Telltale, decidiu processar a companhia por não cumprir diversas leis - especialmente uma que obriga as companhias com mais de 75 funcionários a informar com 60 dias de antecedência quando acontece um despedimento em massa.

Segundo avançado pelo Kotaku, 250 ex-funcionários da Telltale foram informados no próprio dia que tinham sido despedidos, sem indemnização, e tiveram de deixar o edifício em 30 minutos.

Este processo tentará demonstrar como a Telltale não cumpriu com diversas leis em vigor no estado da Califórnia, onde a companhia tem as suas instalações.

A notícia da procura de possíveis parceiras para terminar The Walking Dead: Final Season gerou ainda mais indignação pois revela uma total falta de empatia com as pessoas que trabalharam nestes jogos e mostra que a Telltale poderá estar a quebrar leis que protegem os trabalhadores.

A Game Workers Unite, uma organização mundial que se dedicada ao apoio de trabalhadores na indústria dos videojogos, considerou "nojenta" a atitude da Telltale Games e diz que deviam pagar aos mais de 250 trabalhadores que foram despedidos sem qualquer aviso antecipado ou compensação.

"Isto é nojento. Paguem as indemnizações aos mais de 250 ex-trabalhadores," disse a organização.

A Game Workers Unite acrescentou ainda que, "The Walking Dead não será o mesmo sem a arte e cuidado dos trabalhadores que foram despedidos."

Além disso, avisa que, "se a Telltale Games pode suportar uma parceira e continuar a produção, então podem estar a representar mal as suas 'pobres' condições financeiras e possivelmente estão a violar o WARN Act da Califórnia."

Este WARN Act é precisamente a base do processo aberto por ex-funcionários contra a Teltlale Games.

A companhia está ainda a ser criticada por possíveis práticas suspeitas pois se tem condições para continuar, de certa forma, a desenvolver os seus projectos, poderá estar a ganhar dinheiro após despachar sem qualquer indemnização os seus funcionários.

Publicidade

Salta para os comentários (20)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

The World of Cyberpunk 2077 é o livro que explica o mundo do jogo

Resultado de uma parceria da Dark Horse e CD Projekt.

Cyberpunk 2077 trata consolas como plataformas de primeira classe

A CD Projekt RED assegura grande qualidade para a Xbox One e PS4.

Control - lista das Weapon Forms, como desbloquear e fazer upgrade a Special Weapon Forms

O nosso guia para actualizar e desbloquear novas Weapon Forms para a Service Weapon em Control.

Comentários (20)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários