Super Smash Bros. Ultimate foi o principal foco da Nintendo durante a Direct dedicada à E3 2018 e o criador da série confessou estar contente por o seu jogo ter escapado à fuga de informação.

Masahiro Sakurai, responsável máximo pela popular série da Nintendo, diz ter ficado descansado por ver que as surpresas não foram estragadas pois perderiam impacto se tal tivesse acontecido.

Em conversa com a Famitsu, via Siliconera, Sakurai partilhou que teria sido muito mau se fosse revelado antecipadamente que Super Smash Bros. Ultimate apresentaria todos os personagens da série.

"Para ser sincero, estou contente que não tenha existido uma fuga. Se fosse antecipado que 'todas as personagens estarão presentes', não teria a mesma recepção. Queria mesmo evitar ter o trabalho de vários anos esmagado por alguém que queria o seu pequeno momento para se gabar," disse Sakurai.

"Seria o fim para nós se as palavras 'todos os personagens jogáveis' tivessem escapado. Foi um projecto altamente secreto do qual muitos na Nintendo nem sequer conheciam e é por isso que viste aplausos, mesmo das pessoas envolvidas na Nintendo."

Sakurai falou também sobre o futuro da série e as implicações que Super Smash Bros. Ultimate poderá ter sobre um futuro jogo, especialmente porque te permitirá jogar com todo o elenco.

Segundo diz, existem possibilidades que podem ter sido arruinadas com este Ultimate, mas por enquanto prefere focar-se neste jogo.

"Questiono-me sobre o que vamos fazer no próximo título e sinto que ter 'todos os personagens jogáveis' em Super Smash Bros. Ultimate pode ter sido uma Caixa de Pandora que arruína possibilidades para o que se segue na série."

"No entanto, falando honestamente, não estou a pensar no que se segue."

Super Smash Bros. Ultimate chegará às lojas a 7 de Dezembro como um exclusivo Nintendo Switch e concordas com Sakura, a presença de todos os lutadores poderá representar qualquer espécie de risco para o futuro?

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.