A rivalidade de PUBG e Fortnite Battle Royale acabou de escalar para um nível judicial.

Um processo contra a Epic Games, que acusa a companhia de copiar PUBG com o popular modo Battle Royale para Fortnite, foi preenchido pela PUBG Corporation. Foi já em Janeiro que o processo foi entregue no tribunal central de Seul, mas só agora é que veio a público.

Em Setembro os criadores de PUBG mostraram preocupações com o modo Battle Royale de Fortnite, acusando a Epic Games de usar o nome de PUBG para promover Fortnite sem pedir consentimento.

A notícia do processo legal vem do Korea Times, que informa ainda que a Epic Games recentemente assinou um contrato com a Neowiz Games para abrir PC rooms de Fortnite por todo o país.

Ambos os jogos são actualmente extremamente populares, mas o facto de ser um free-to-play dá uma vantagem a Fortnite Battle Royale. Para além disto, o jogo da Epic Games está disponível em mais plataformas.

De realçar que, quando foi originalmente lançado, Fortnite tinha apenas o modo cooperativo Save The World. O modo Battle Royale foi adicionado mais tarde, quando PUBG estava a ganhar popularidade no Steam.

Publicidade

Jogos em destaque neste artigo

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.