Heavy Rain foi recusado pela Microsoft

Ficou assustada com a ideia de raptar crianças.

Heavy Rain é hoje conhecido como um exclusivo PlayStation 3, mas poderia ter sido um exclusivo da Xbox 360, se a Microsoft não tivesse recusado a ideia do jogo.

David Cage, o diretor de Heavy Rain, disse durante a conferência anual dos BAFTA (via DigitalSpy) que a Microsoft foi uma das editoras à qual o jogo foi apresentando, mas a sua temática, que envolve o rapto de crianças, assustou a companhia.

"Eles estavam assustados com o escândalo e com o que as pessoas poderiam escrever e pensar," comentou Cage. A Microsoft queria mudar o tema, e foi aí que Cage se apercebeu que não poderiam trabalhar em conjunto porque não perceberam o que estava a tentar alcançar.

"Bem, poderíamos ter raptado gatos, teria sido uma experiência diferente," brincou Cage, que acrescentou depois que não está a criticar a Microsoft, apenas a referir que não estava em sintonia com a ambição do estúdio.

A Sony mostrou-se mais receptiva à ideia de Heavy Rain, e foi assim que acabou por ser um exclusivo PlayStation 3.

Salta para os comentários (68)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

"O número de AAA gigantescos vai diminuir", afirma Kojima

Acredita que jogos vivos serão mais sustentáveis.

Mais de 10 milhões de pessoas descarregaram as ofertas Play at Home

Uncharted: Nathan Drake Collection e Journey foram oferecidos em Abril pela Sony.

Também no site...

Comentários (68)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários