Miles Jacobson - O Mourinho da gestão futebolística virtual em entrevista

Sobre o Football Manager 2013 e o seu futuro.

Estivemos à conversa com Miles Jacobsen, o homem forte da Sports Interactive e responsável pela aclamada série Football Manager. O foco principal das perguntas que tivemos o prazer de colocar a Miles, foi obviamente a aguardada versão do simulador de treinadores para este ano, mas ainda houve tempo para umas questões mais globais sobre a série, e até um pouco de polémica em relação à versão portátil de Football Manager, mas fiquem com a entrevista completa:

Eurogamer Portugal: Boa tarde Miles, muito obrigado por este tempo, permita-me começar com uma pergunta pessoal. Como é que acertam tantas vezes em relação aos jogadores jovens com grande potencial? Posso dar-lhe vários exemplos de jogadores que conheci primeiro no jogo, e depois acabaram por se afirmar no futebol real, um claro exemplo foi Falcao.

Miles Jacobson: Bom, tudo se deve ao facto de termos mais de mil olheiros espalhados por 51 países. Temos depois 51 chefes de pesquisa com quem trabalhamos, muitos dos quais trabalharam também com clubes profissionais, a FIFA, a UEFA e outras organizações do futebol. Eles transmitem-nos informação regularmente, e são pessoas que não acompanham apenas o futebol sénior, mas também as camadas jovens, todos os níveis da competição, para garantir que encontramos os jovens talentos antes de qualquer outro.

1
Falcao - Descoberto pelo Aníbal antes de ser um craque do Porto.

Falamos sobre isto várias vezes, e muitas são as vezes que apontam erros nossos, não acertamos sempre, por vezes também nos enganamos, mas enfim, a nossa base de dados tem já mais de 500.000 jogadores e staff, a cada ano obtemos provavelmente entre 10 e 20 desses errados, sobram os outros 499.980 que estão correctos, não me parece mal (risos).

Por exemplo, foi no Football Manager que as pessoas primeiro ouviram falar de Cristiano Ronaldo. Claro que em Portugal é provável que já o conhecessem antes disso, mas muito do resto do mundo apenas ouviu falar dele através do FM, assim é também importante servir como uma forma de ensinar futebol aos jogadores, e se o jogo não tivesse muitas vezes certo em relação aos novos talentos, não teria ganho a reputação que ganhou.

Eurogamer Portugal: Passando ao novo FM 2013, não lhe vou perguntar quais as novidades depois de todos os vídeo blogues que têm disponibilizado, mas vou-lhe perguntar qual a melhor novidade da versão deste ano para apelar aos veteranos da série.

Miles Jacobson: Pergunta difícil, bem, o diretor de futebol talvez seja uma das melhores funcionalidades para todos os jogadores. Significa que podes configurar o jogo da forma adequada ao teu estilo de jogo e à forma como queres jogar, mas também é mais realista para as pessoas que estão habituadas a esse sistema. Inglaterra por exemplo é um dos últimos sítios onde ainda se usa a verdadeira figura do "Manager" no lugar de um treinador principal mais o diretor desportivo, que é o mais usual em muitos países.

Outra das coisas que mais gosto da versão deste ano é a nova interface, existem muitas opções que estão no jogo já há algum tempo, mas as pessoas nem reparavam, a nova interface está desenhada para que isso não aconteça mais. Também quero referir o dia do fecho do mercado (transfer deadline day), que adiciona um elemento importante ao jogo, as movimentações daquele último dia, muitos rumores, maior expectativa e muitas transferências claro. Enfim, as funcionalidades que acrescentam realismo e ao mesmo tempo diversão ao jogo são sempre as minhas favoritas.

"É simplesmente muita coisa este ano, e é ao mesmo tempo uma bênção e uma maldição para mim como produtor poder fazer uma afirmação destas."

E isto era para os jogadores veteranos seguindo a pergunta, mas depois o novo motor das partidas também está fantástico. É simplesmente muita coisa este ano, e é ao mesmo tempo uma bênção e uma maldição para mim como produtor poder fazer uma afirmação destas. A forma como estamos hoje organizados enquanto estúdio, com cada um dos aspetos do jogo a merecerem uma equipa dedicada, em vez da equipa do Football Manager, temos a equipa do motor das partidas, a equipa da inteligência artificial, a equipa das transferências, etc, e parte do meu trabalho é resolver este puzzle de forma a que tudo funcione da melhor forma.

Para resumir, não me parece que os veteranos se irão queixar de falta de ambição nossa para o jogo deste ano. Existem mais novidades do que nunca num título de Football Manager, e nem precisaríamos incluir os novos modos de jogo para isso ser verdade.

Publicidade

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Aníbal Gonçalves

Aníbal Gonçalves

Redator

MMOs e RPG são com o Aníbal. Aliás existe um rumor na redação que a sua primeira casa é o World of Warcraft. Mas às vezes também o vemos a fazer uns exercícios. Não é mau de todo.

Conteúdos relacionados

Também no site...

A Juventus é exclusiva do PES 2020

Será o único jogo com o nome do clube, o emblema e estádio.

PES 2020 - Demo chegará a 30 de Julho

Arsenal, FC Barcelona, Palmeiras, Flamengo e mais.

FIFA 18 - As melhores promessas e estrelas escondidas

Os jogadores melhores e com mais potencial com menos de 21 anos.

PES 2020 não terá o Liverpool licenciado

O contracto com a Konami terminou.

PES 2020 - Data de lançamento, Gameplay, Trailer - Tudo o que sabemos

O que esperar do novo simulador de futebol da Konami?

Comentários (0)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários