Se nasceram no final da década de 80 ou no início dos anos 90, provavelmente cresceram a acompanhar a saga Dragon Ball na televisão. Este é o meu caso, e até hoje, continua a ser uma das minhas sagas favoritas. O sucesso da saga de Akira Toriyama cresceu imenso e, inevitavelmente, começaram a surgir os primeiros videojogos de Dragon Ball. O primeiro exemplo foi Dragon Ball: Dragon Daihikyō, desenvolvido para a Super Cassette Vision. Neste jogo controlavam o pequeno Goku na sua nuvem mágica enquanto disparavam para os adversários. Desde então que os videojogos com a licença de Dragon Ball não pararam de surgir. É inacreditável que ainda hoje, em 2017, continuem a ser anunciados novos jogos, mais de 30 anos após o lançamento do primeiro jogo (a nova saga, Dragon Ball Super, ajudou a saga a recuperar a força).

No entanto, todos sabemos que as adaptações aos videojogos podem dar para o torto, aliás, é o que acontece na maioria dos casos. As adaptações de Dragon Ball não são excepção. Os jogos de Dragon Ball são muitos, mas contam-se pelos dedos das mãos aqueles que realmente valem a pena jogar. É isso que vais encontrar nesta lista: os melhores jogos de Dragon Ball, aqueles que são essenciais para os fãs da saga. Obviamente que o promissor Dragon Ball Fighters ainda não está na lista, até porque só estará disponível em 2018, mas se cumprir as expectativas, mais tarde vamos actualizar esta lista e dar-lhe um lugar entre os melhores títulos da Dragon Ball.

5. Dragon Ball Xenoverse 2

  • Data de Lançamento - Outubro de 2016
  • Plataformas - PC, PS4 e Xbox One (versão Switch a caminho)

Estava indeciso no jogo para esta posição, até porque existem diversos jogos de Dragon Ball com ideias interessantes mas que depois falham noutros aspectos. Ainda assim, Dragon Ball Xenoverse 2 é diferente de todos os jogos anteriores. É um jogo que adopta alguns elementos dos MMORPGs e que permite aos fãs criar a sua própria personagem dentro do universo de Dragon Ball. Estes dois aspectos garantiram-lhe um lugar na lista dos melhores jogos da saga.

Dragon Ball Xenoverse 2 está longe de ser perfeito. As arestas por limar são visíveis, e o sistema de combate, embora tenha melhorado em relação ao primeiro, ainda nem falhas. Todavia, são falhas com as quais conseguimos conviver devido ao conceito refrescante dentro dos jogos de Dragon Ball. Também gostámos do aspecto cooperativo e da história original, ainda que se apoie fortemente nas diferentes sagas de Dragon Ball.

4. Dragon Ball Burst Limit

  • Data de Lançamento - Junho de 2008
  • Plataformas - PS3 e Xbox 360

Este é um exemplo de um jogo que deitou tudo a perder por terminar abruptamente na saga do Cell. Dragon Ball Burst Limit tinha tudo para triunfar. Depois da época gloriosa da PlayStation 2, que nos trouxe excelentes jogos de Dragon Ball, a Bandai Namco apostou num título que aproveitava as sólidas bases de Dragon Ball Budokai. Acompanhado por uma qualidade visual de nova geração extremamente cativante, Burst Limite parecia promissor.

Infelizmente, por razões que ainda hoje desconheço, o modo história não inclui a saga completa de Dragon Ball. A história acaba com a derrota do Cell às mãos de Son Gohan, o que não faz sentido. Será que não havia mais dinheiro para a produção? Gostava de saber o que aconteceu. O jogo tinha imenso potencial, mas está incompleto e não oferece a derradeira experiência de Dragon Ball.

Apesar desta falha incompreensível, Burst Limit não deixa ser sólido e uma entrada relevante para os jogos de Dragon Ball, ainda que em termos de conteúdo tenha ficado aquém dos melhores exemplos da PlayStation 2.

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro

Comentários (31)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados