No Man's Sky debaixo de investigação de autoridade Inglesa

Devido à publicidade e promoção ao jogo.

Segundo avançado pelos nossos colegas do Eurogamer em Inglaterra, No Man's Sky está actualmente debaixo de investigação devido à publicidade e promoção feitos ao jogo através do Steam. Após ser contactada, a Autoridade para os Padrões Publicitários confirmou que deu início a uma investigação ao título da Hello Games após várias queixas de pessoas.

A Advertising Standards Authority, ASA, monitoriza a publicidade e material promocional para um produto, tendo o poder para remover publicidades que considere quebrar o código de conduta. Se os visados não acederem à ordem, poderão sofrer sanções e até podem perder fontes de rendimento através de publicidades.

A investigação está neste momento a decorrer, e segundo um queixoso revelou, foi motivada principalmente devido à página do jogo no Steam, que inclui imagens que podem enganar os jogadores quanto ao controverso jogo. A Hello Games e a Valvel foram contactadas pela ASA e terão de responder a várias perguntas.

As imagens e vídeos em questão apresentam comportamento animal mais avançado, combate de larga escala e comportamento de naves do que No Man's Sky apresenta. Outros queixosos dizem até que as imagens não representam correctamente a qualidade gráfica do jogo. Alguns apontam para a referência à falta de ecrãs de carregamento e facções que contestam o território, algo que dizem não estar presente no jogo.

Apesar do Steam ser o ponto principal para as queixas, a ASA dita que qualquer sanção aplica ao jogo se irá estender a outras fontes publicitárias, tais como o canal oficial do jogo no Youtube ou a PlayStation Network.

Um dos queixosos falou sobre o motivo que o levou a apresentar queixa e apesar de ter comprado o jogo sem pedir o seu dinheiro de volta, diz que se sentiu enganado e que algo precisa ser feito. Para ele, companhias como a Valve têm o dever de assegurar que as imagens promocionais dos jogos na sua loja devem ser representativas do que o jogador irá ter.

Depois da controvérsia gerada em torno dos pedidos de reembolso por jogadores que se sentiram enganados com No Man's Sky, o jogo da Hello Games volta a estar envolvido numa situação problemática. Recentemente, Shuhei Yoshida da Sony disse que a culpa passava pela Hello Games e pela forma como promoveu e publicitou o jogo antes do lançamento.

A Hello Games continua a trabalhar em melhorias para o jogo e de momento ainda não se pronunciou oficialmente sobre a investigação da ASA.

Publicidade

Salta para os comentários (41)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Final Fantasy 7 Remake já está nas mãos dos jogadores

Apesar da Square Enix ter dito que existiriam problemas de stock.

Não esperes novidades de GTA 6 tão cedo

Um rumor afirmava que o jogo seria anunciado esta semana.

Passatempo Predator: Hunting Grounds - Aqui estão os vencedores!

Vão receber códigos de 12 meses do PS Plus.

Também no site...

Comentários (41)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários