Depois da Microsoft, foi a Sony Computer Entertainment America que apresentou as mais recentes novidades para as suas plataformas. A PlayStation 4, PlayStation 3 e PlayStation Vita tiveram o resto do atual ano delineado, assim como o início de 2015, ao longo de uma conferência que durou um pouco mais de 2 horas. Muitos podem criticar o atual estado de atenção e apoio que a Vita tem recebido enquanto outros podem já considerar normal a decrescente atenção à PS3 mas o que interessa é que foram duas horas repletas de videojogos e alguma TV.

Tendo em conta o grande ritmo de notícias, vídeos, imagens ou simples informações que vão sendo lançadas nestes dias, recuperamos aqui a conferência da Sony na E3 2014, com todos os grandes anúncios acompanhados de informações mais detalhadas. Pode ser que assim recebam uma ajuda na pesquisa de informações e tendo em conta que a E3 já está quase a terminar, temos aqui o principal para quem segue as consolas Sony.

Tal como na conferência da Microsoft, a SCEA abriu a sua apresentação com um FPS multi-plataformas editado pela Activision, neste caso aqui Destiny do Bungie. Andrew House subiu ao palco dar início aos procedimentos e destacou Destiny como um título que simboliza tudo aquilo que a marca PlayStation representa: "ligados, a melhor qualidade visual, escolha e não ser um jogador solitário mas sim um membro de uma grande comunidade de rivais e amigos". House declarou que a companhia está completamente dedicada aos jogadores e que as suas consolas são desenhadas e trabalhadas para serem os melhores locais para os jogadores jogarem.

Andrew House confirmou que a beta de Destiny arranca primeiro nas consolas PlayStation e começa no dia 17 de Julho. No entanto, já a partir do dia 12, hoje, fãs de todo o mundo poderão aceder à fase alfa. Adicionalmente foi confirmado que no dia 9 de Setembro teremos direito a um bundle Destiny que inclui uma PlayStation 4 branca e o jogo.

"Todos os jogos que vamos apresentar hoje ou são exclusivos PlayStation, ou têm melhores gráficos, ou têm conteúdos exclusivos ou podem ser jogados aqui antes que nas outras consolas."

Seguiu-se The Order: 1886, que é um dos exclusivos PlayStation 4 a cargo do Ready at Dawn com ajuda do Sony Santa Monica. Será a 20 de Fevereiro que teremos finalmente a oportunidade de jogar The Order: 1886, o aguardado exclusivo PlayStation 4. The Order: 1886 decorre numa Londres Vitoriana alternativa, repleta de monstros e tiroteios na terceira pessoa cuja pausa é conseguida através de uma mecânica de proteção. Ru Weerasuriya do Ready at Dawn, disse aos nossos colegas do Eurogamer que o jogo foi adiado para que pudessem perseguir o nível desejado de qualidade em todas as frentes, o que preciso de mais alguns meses.

Dos tons sombrios e aterrorizantes de The Order passamos para o completo contraste com Entwined. Tivemos finalmente a confirmação da existência de Entwined, novo exclusivo digital para as plataformas PlayStation que já se encontra disponível para PlayStation 4. Assim que acabou de passar o trailer, que podem ver em baixo, o pessoal do Pixel Opus confirmou que já podiam naquela mesma hora comprar o jogo, custa €7.99. São esperadas versões PlayStation 3 e Vita mas por enquanto o melhor é mesmo verem o trailer para tentarem perceber como funciona o jogo:

Em seguida tivemos uma surpresa para inFamous: Second Son na forma da expansão First Light, não sendo necessário terem adquirido Second Son para poderem jogá-la. First Light vai ser lançado a 27 de Agosto na PlayStation Network por €14.99 e promete algumas melhorias em termos gráficos. Nesta expansão iremos vestir a pele de Abigail Walker, também conhecida como Fetch, uma personagem que segundo Jason Connell, director criativo da Sucker Punch, tem uma história que não é lá muito fácil de contar.

O jogador vai controlar uma personagem que tem um coração partido e um historial de abuso de drogas e abandono. "Ao jogares como Fetch vais experimentar os eventos que a transformaram na condutora que conheceram em Second Son. Vais vestir a sua pele em Curdun Cay, a prisão, depois de ter sido capturada pelo DUP, e vais experimentar os acontecimentos que se sucederam após o desaparecimento do seu irmão Brent e o quão longe ela irá para encontrá-lo."

First Light vai contar com novos cenários como a própria prisão, e cenários montanhosos e cheios de neve. "Em Second Son conseguimos grandes progressos no motor de iluminação, efeitos de partículas e na nossa capacidade para oferecer personagens com personalidades mais profundas através de técnicas de captura de movimento facial," disse Connell. "Continuámos a usar estas técnicas não só para desenvolver ainda mais a Fetch como personagem, mas também para vos oferecer novos cenários."

"inFAMOUS: Second Son é provavelmente o exclusivo PlayStation 4 mais acarinhado pelos jogadores. A expansão deverá beneficiar da escassez de títulos com a sua qualidade."

A SCEA decidiu então receber uma das maiores ovações da noite ao apresentar LittleBigPlanet 3 como exclusivo PlayStation 4 com lançamento marcado já para Novembro. Este novo jogo vai recorrer às funcionalidades únicas do Dualshock 4, vai apresentar visuais espantosos a 1080p e ainda permitirá que os jogadores transmitam sessões de jogo para todo o mundo. Será compatível com os 8.7 milhões de níveis existentes e criados para os dois anteriores mas aqui terão direito a visuais melhorados. Além de Sackboy temos novos personagens como Oddsock que salta pelas paredes e corre mais rápido. Tuggle é um personagem de maior porque que se encolhe e Swoop pode voar. A equipa acredita que poderá aprofundar o gameplay e espera obter mais diversão.

Para esclarecer alguma confusão, Steven Isbell, coordenador da comunidade LittleBigPlanet, disse no Twitter que, "LPB3 vai também estar disponível na PS3. Teremos mais novidades sobre o assunto mais tarde." O jogo que está a cargo da Sumo Digital.

A maior ovação da noite foi para um ecrã negro com o nome Hidetaka Miyazaki em branco depois de Shuhei Yoshida ter introduzido Bloodborne e antes de ser confirmado que este jogo é do From Software, confirmando basicamente, Project Beast na conferência da Sony. O lançamento do jogo está previsto para a primavera do próximo ano e a equipa de produção desde que terminou o DLC "Artorias of the Abyss" para o primeiro Dark Souls. O jogo vai aproveitar as capacidades da PlayStation 4 para criar uma nova ambientação e um mundo totalmente novo.

Quando ao tema da resolução e rácio de imagens por segundo, o objectivo é chegar aos 1080p e os 30 frames por segundo. Tal como podem ver no primeiro tailer, vamos ter ao nosso dispor uma série de armas, que vão combate corpo-a-corpo até armas de fogo como pistolas. Durante os combates a From Software quer que os jogadores pensem um pouco antes de se atirarem de pés e cabeça contra o inimigo. O estúdio que quer o jogador sinta como se estivesse a lutar pela sua vida. Para dificultar a vida ao jogador, este não terá um mapa para ajudar a orientá-lo. O protagonista do jogo poderá ser totalmente personalizado e foi referido que haverá funcionalidades online, no entanto a From Software não quis entrar em detalhes, dizendo apenas que vai implicar que os jogadores descubram o mundo juntos.

"Podem transferir o jogo no dia 26 de Março de 2015 mas só o vão poder jogar a 31 desse mesmo mês, se viverem na América do Norte."

Hora de entrar Far Cry 4. A Ubisoft levou Far Cry 4 até à conferência da Sony na E3 2014 para demonstrar o seu novo jogo e revelou alguns dados fantásticos. A 18 de Novembro, quando os fãs chegarem a casa com uma cópia do jogo vão poder aceder ao modo cooperativo "Guns for Hire" que lhes permite entrar ou sair do mesmo sem quaisquer interrupções. No entanto, não será preciso ter uma cópia do jogo basta que um amigo tenha as "Keys to Kyrat" e vão poder entrar neste novo mundo sem gastar dinheiro. É um exclusivo PlayStation que leva a experiência Far Cry 4 a novos limites e certamente que os amigos vão agradecer.

Dead Island 2 foi finalmente anunciado oficialmente, depois da especulação gerada quando o nome foi registado pela Deep Silver. O jogo foi anunciado na conferência da SCEA na E3 2014 e segundo foi adiantado, os jogadores PlayStation 4 vão ter acesso antecipado à beta e a uma classe. A Deep Silver revelou que Dead Island 2 está a ser desenvolvido pela Yager. O original tinha sido desenvolvido pela Techland, mas pelos vistos ficaram afastados, e agora a responsabilidade recai sobre os criadores de Spec Ops: The Line. Dead Island 2 vai ser lançado na próxima primavera nas consolas da nova geração e PC. Desta vez a nova epidemia de zombies estendeu-se até à Califórnia.

Altura de Adam Boyes, Vice presidente do departamento de relações com editoras e estúdios no SCEA, subir ao palco e apresentar alguns dos frutos gerados entre a sua companhia e outras com vista a oferecer exclusivos às suas plataformas. O primeiro mencionado foi Diablo III: Reaper of Souls - Ultimate Evil Edition que será lançada antes do Verão terminar e segundo revelado agora, teremos a presença do Nephalem Rift inspirado em The Last of Us. Em parceria com o Naughty Dog, este inimigo chega a Diablo 3 acompanhado por criaturas recriadas a partir dos infetados do aclamado jogo do estúdio da Sony. O Shadow of the Colossus Transmog Set é o outro exclusivo desta edição neste consola e representa um conjunto único que abre as portas a novas armaduras inspiradas no clássico PlayStation 2. Estarão disponíveis a todas as classes e e são inspiradas nas mais conhecidas figuras do jogo.

Na conferência tivemos a oportunidade de ver um trailer de Battlefield: Hardline do Visceral Games e saber que a beta seria lançada em exclusivo nas suas consolas, além do PC. Jogadores PC e PlayStation 4 com convite para a beta podem desde já aceder à mesma e procurar conhecer um pouco mais deste novo jogo inserido na aclamada série do DICE. Polícias contra ladrões, muita destruição e cenários impressionantes são alguns dos condimentos revelados.

"jogos como Disney Infinity 2.0, Destiny e Battlefield: Hardline terão direito a conteúdos exclusivos nas plataformas Sony."

A SCEA anunciou também um novo exclusivo para a PlayStation 4 que dá pelo nome de Magicka 2. A sequela do irreverente spell-'em-up teve direito a apresentação em live action e segundo ficamos a saber está entregue aos estúdios Paradox. A Sony confirmou mesmo que todos os estúdios Paradox estão a trabalhar em jogos para as consolas PlayStation mas nada mais adiantou. Grim Fandango Remaster foi igualmente anunciado para PlayStation 4 e PlayStation Vita e finalmente será possível jogar o clássico PC numa consola. Após 15 anos, a obra de Tim Schaffer poderá não só ser jogada numa consola como poderá ser jogada em qualquer lado, se escolherem a versão portátil claro. Num negócio que envolve o estúdio e a Disney, atual detentora dos direitos, teremos o jogo nas consolas PlayStation.

"Os melhores indies para a PlayStation".

Goichi Suda deixou Lilly Bergamo morrer e no seu lugar apresentou Let it Die. É essencialmente o mesmo jogo que anteriormente foi anunciado como Lily Bergamo, mantendo as mesmas ideias e com a equipa a classificá-lo como um jogo de acção extrema com uma jogabilidade online assíncrona que tem alguns elementos de sobrevivência. Suda 51 confirmou que o protagonista de Lily Bergamo, Tae Ioroi, deixou de existir uma vez que agora são os jogadores que usam os seus próprios avatares. Ficou também a saber-se que a transição de Lily Bergamo para Let it Die teve início no final do ano passado. Segundo o criador do jogo, o conceito de Let it Dit gira em torna da ideia de conceder um significado à morte num jogo. Como tal o jogo está estruturado em torno da ideia da morte influenciar o jogo, um exemplo disso é se o personagem de um jogador morrer no jogo o seu avatar poderá aparecer no jogo de outra pessoa.

Todos os jogadores começam o jogo desarmados, vestindo apenas as roupas interiores e uma máscara de gás. Os equipamentos e as armas poderão ser roubados aos inimigos que forem derrotados, no entanto foi dito que existem outras formas de o conseguir, procurando e explorando bem os cenários do jogo. Apesar de Suda 51 não ter entrado em muitos detalhes, o objectivo do jogo é que o jogador consiga ser o número um. Quanto ao facto de ser um free-to-play e à forma de como vão monetizar o jogo, Morishita e Suda esclareceram que não vão apostar na compra de armas, uma vez que eles acreditam que isso iria comprometer a integridade dos aspectos de sobrevivência do jogo. Haverá também uma aplicação para smartphone que está a ser desenvolvida em conjunto com o jogo principal. Let it Die é um exclusivo PS4 que será lançado no próximo ano.

Aproveitando a onda dos independentes, Matt Nava e Austin Wintory, que trabalharam na equipa que nos deu o magnífico Journey, revelaram o seu primeiro jogo para a PlayStation 4 que tem como nome Abzu. Esta é uma aventura subaquática que tenta combinar uma bela arte visual com um gameplay relaxante mas com uma boa dose de desafio à mistura. O Giant Squid é o nome do estúdio e aqui vamos assumir o papel de um mergulhador para enfrentar os perigos destas águas. É um exclusivo PlayStation 4 mas poderá chegar aos outros sistemas PlayStation.

Depois da revelação no VGX em Dezembro de 2013, No Man's Sky começou a reunir muitas atenções e nem a Microsoft ou a Sony lhe ficaram indiferentes. A prova disso é No Man's Sky ter sido agora confirmado como exclusivo temporário da PlayStation 4. A informação foi partilhada pela SCEA durante a sua conferência E3. A nova propriedade intelectual do Hello Games tem dado que falar e nós por cá estamos altamente intrigados com tudo o que está relacionado com ela.

Andrew House regressou para introduzir Shawn Layden, Presidente e Diretor Geral da Sony Computer Entertainment America, lugar que pertenceu a Jack Tretton, pela primeira vez ao palco da Sony na E3. Layden falou sobre como 95% das consolas PlayStation 4 estão ligadas à internet e como o serviço PlayStation Now está pronto para a beta aberta, com novos jogos e melhorias. A PlayStation Vita foi ainda mencionada como a melhor plataforma portátil e a reprodução remota mencionada como uma fantástica funcionalidade.

A SCEE anunciou que a PlayStation Vita TV será lançada na Europa em 2014 onde irá custar €99 ou então €139 com um comando e o jogo LEGO Movie. Além de confirmar o lançamento para o próximo Outono, foi igualmente confirmado que o produto irá custar €99 num pacote que não inclui quaisquer extras. Caso queiram podem comprar um pacote com um comando DualShock 3 e LEGO: The Movie por apenas €139.99 mas de momento ficamos sem uma data mais específica.

"Shaun Layden confirmou que estão em desenvolvimento mais de 100 jogos para a Vita. Entre Eles Tales of Hearst R, Child of Light e Tales of Borderlands."

A Sony continou a demonstrar a sua boa relação com as companhias externas com um trailer de Mortal Kombat daWarner Bros. Interactive Entertainment. Anteriormente a mesma confirmou que o jogo vai ser lançado algures em 2015 na Xbox One, Xbox 360, PlayStation 4, PlayStation 3 e PC. A companhia revelou que, pela primeira vez na história da série, os jogadores poderão escolher as diferentes versões dos lutadores que terão impacto na estratégia e estilo de luta. Tal como o seu antecessor, o jogo vai contar com uma história original onde estarão presentes os lutadores icónicos como Scorpion e Sub.Zero, entre outros que serão completamente novos e que representarão as forças do bem e do mal.

Pausando novamente para falar de algo extra videojogos, Andrew House deu lugar a Brian Bendis para anunciar uma nova série chamada Powers. Vinda diretamente das páginas dos comics da Marvel Comics, aqui temos uma dupla que investiga crimes cometidos por indivíduos com super-poderes. Será gratuita para todos os membros PlayStation Plus e pelo menos na América do Norte arranca em Dezembro. Bendis irá revelar mais no futuro próximo mas afirma que tem uma equipa de talento e quer algo único e autêntico.

Hora de House continuar a falar sobre TV, ou neste caso cinema, e mencionar o filme de Ratchet and Clank. Ficamos a conhecer que o Insomniac Games está a trabalhar no primeiro Ratchet and Clank para a PS4, que deverá chegar no início do próximo ano e que irá acompanhar o filme com o mesmo nome. Ao contrário do que se pensava, o jogo não é um remake mas sim um reinicio do jogo original. "Terá gráficos completamente novos que rivalizam com os melhores jogos do mercado," disse o Insomniac. O jogo irá um pouco ao encontro da visão que a produtora tem para o filme e terá uma jogabilidade e história novas.

Na conferência da Sony na E3 tivemos direito a um pouco mais de vídeo da versão remasterizada de The Last of Us, assim como a confirmação da data de lançamento, que muitos rumores tem levantado nos últimos dias. Ellie e Joel chegarão à PlayStation 4 dia 29 de julho, marquem a agenda.

"Caso estejam curiosos, a música é dos Nirvana mas aqui surge numa versão dos At Sea."

Isto seguido do trailer de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain que havia escapado para a internet antecipadamente. Entretanto, Hideo Kojima deu uma entrevista ao CVG na qual falou sobre The Phantom Pain e sobre como Grand Theft Auto V na PlayStation 4 o voltou a surpreender. Kojima falou sobre as novas funcionalidades online do seu próximo jogo e explicou que será possível criar uma base, com a ajuda se quisermos de um smartphone ou tablet, e que a nossa motherbase poderá ser atacada por outros jogadores. Será também possível, claro, que o jogador ataque a base de outros.

Andrew House da Sony confirmou finalmente o que todos já sabiam, Grand Theft Auto V está a caminho da PlayStation 4. Além de um trailer que corria todo in-game patrocinado pela mais recente consola da Sony, ficamos a saber que o jogo será lançado no Outono de 2014 e que será compatível com as anteriores versões. Será possível transferirem o vosso save Xbox 360 ou PlayStation 3 para esta versão mais recente que provavelmente não será exclusiva. A versão Xbox One também deverá ser lançada pois o jogo não foi destacado como exclusivo.

A Rockstar informou que estas novas versões vai aproveitar todas as vantagens trazidas pelas consolas next-gen e PC com melhorias em todos os aspectos. O jogo terá um nível de detalhe mais rico e todos os locais, desde a cidade ao deserto, passando pelos oceanos, terão uma nova vida. A produtora promete melhores texturas, mais densidade populacional, mais tráfego e melhores resoluções, para além da nova vida selvagem, melhores efeitos climatéricos e efeitos de danos mais pormenorizados, entre outras novidades. Quando ao GTA Online vai incluir todas as actualizações que foram lançadas até à data. Os jogadores poderão também transferir os seus personagens e os progressos feitos nas versões PS3 e Xbox 360, para as novas versões PS4, Xbox One e PC. Quando à versão PC, os utilizadores vão ter ao seu dispor um editor de vídeos para poderem criar os seus próprios vídeos como se fossem profissionais.

Segui-se então o espantoso Batman: Arkham Knight, introduzido com todo o prazer por Andrew House para um trailer magnífico acompanhado de gameplay. Os jogos que são apresentados pelos fabricantes de consolas nas grandes feiras estão muitas vezes a correr num PC, isso não é nada de novo. No entanto, já que a PlayStation 4 e Xbox One estão no mercado, partir do princípio que as suas demos correm nas próprias consolas, é apenas natural. Aparentemente esse não foi o caso da demonstração de Batman: Arkham Knight, mostrado na conferência da Sony. A Rocksteady confirmou que estava a correr num PC, e não na PlayStation 4. Isto deverá querer dizer que a versão para consola ainda não estaria suficientemente optimizada para aparecer na feira.

A SCEE decidiu terminar em grande a conferência E3 2014 e deu-nos um teaser do novo Uncharted, que tanto tem dado que falar mas pouco a mostrar. Nós já sabíamos que o novo Uncharted para a PlayStation 4 estava a ser desenvolvido mas agora sabemos que se chama Uncharted 4: A Thief's End e que chega mesmo apenas em 2015. No pequeno trailer vimos um grafismo impressionante e a confirmação do regresso de Sully, velho amigo de Drake. Drake está mais uma vez feito num caco mas pronto para enfrentar mais perigos e agora queremos é mais e mais.

"É Nathan Drake renderizado em toda a glória 1080p, usando o poder do nosso motor PS4. Tudo o que vêem no trailer foi completamente capturado com o motor. O nosso alvo são os 60fps para Uncharted 4: A Thief's End e como podem ver, a fidelidade visual dos nossos modelos de personagens vai alcançar novos níveis." Quem o disse foi Eric Monacelli do estúdio que nos oferece Uncharted 4 e confirmou ainda que "graças ao poder da PS4, atualmente o modelo de Drake em Uncharted 4 tem mais do dobro dos polígonos de Joel em The Last of Us PS3." Na nova geração, Drake vai voltar a viajar por todo o mundo em perseguição a uma conspiração história por detrás de um lendário tesouro pirata. Será a sua maior aventura pois não só irá enfrentar a dura realidade quando é forçado a voltar a este mundo como também irá testar os seus limites físicos.

Terminada a conferência, os jogadores ficaram com uma PlayStation Vita praticamente colocada de parte, apesar dos cerca de 30 segundos investidos a lembrar que estão a ser feitos mais de 100 jogos, a confirmação da PlayStation TV na Europa e América do Norte, novas propriedades intelectuais exclusivas e várias parcerias com outras editoras para amealhar privilégios. Não foi propriamente a conferência mais estrondosa da Sony numa E3 mas uma coisa ficou bem patente, a companhia está empenhada em cativar os seus jogadores e a ser acima de tudo uma plataforma de jogos.

É bom ver que os estúdios internos da Sony ainda representam a maior parte da sua fatia de tempo nas apresentações, com o seu talento nem poderia ser de outra forma, mas por outro lado é pena ver que ao longo de uma hora e meia apenas tivemos dois momentos de verdadeiramente arrepiar. Acima de tudo ficou cimentada a posição da Sony em manter-se dedicada aos seus consumidores, de os respeitar e de tentar satisfazer três plataformas.

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.