Executivos da Nintendo não conheciam Live e PSN

Programador third-party revela num artigo do Digital Foundry.

Num artigo que podem ler na sua plenitude aqui, um programador num estúdio third-party fala sobre as dificuldades de trabalhar com a Nintendo na altura antes do lançamento da Wii U e relata algumas situações bem caricatas.

Entre relatos de ambientes de desenvolvimento com várias dificuldades, uma que se destaca é o total desconhecimento dos executivos da Nintendo em relação aos serviços Xbox Live da Microsoft e da PlayStation Network da Sony para as suas Xbox 360 e PlayStation 3, respectivamente, as principais concorrentes da nova Nintendo Wii U na altura do seu lançamento.

Por entre críticas e relatos de situações embaraçosas, o programador externo conta como teve a dada altura que explicar como funcionam os sistemas online das concorrentes à Nintendo.

"Por esta altura tivemos a oportunidade de falar com algum do pessoal sénior na Nintendo, numa conferência por telefone, pois estavam a reunir feedback nas nossas experiências de desenvolvimento e nas suas ferramentas. Esta conferência telefónica deu uma perspetiva interessante sobre a Nintendo e como parecia operar."

"Disseram-nos que as funcionalidades, e as atualizações ao SO para as suportar, iriam estar disponíveis antes do lançamento, mas apenas aí. Aparentemente haviam problemas com a preparação de uma grande infraestrutura de rede para rivalizar com a Sony e Microsoft que não haviam previsto."

"Era surpreendente ouvir isto, pois seria de pensar que tiveram muito tempo para trabalhar nestas funcionalidades pois tinham sido anunciadas há meses, portanto investigamos um pouco mais e perguntamos como certos cenários poderiam funcionar com os amigos Mii e na rede, referindo a todo o tempo como o Live e a PSN conseguiam o mesmo. Em dada altura nesta conversa fomos informados que não valia a pena referir o Live e a PSN pois ninguém nas suas equipas de desenvolvimento usava estes sistemas (!) portanto seria possível providenciar explicações mais detalhadas? O meu único pensamento após esta chamada foi que estavam com problemas - graves - com o aspeto da rede pois era muito mais complicado do que anteciparam. Estavam a tentar correr atrás dos rivais, mas sem os anos de experiência para o suportar."

Toda a infraestrutura online da Nintendo Wii U foi criticada em relação às concorrentes e frequentemente a consola ficou sem conteúdos adicionais para os jogos nela lançados. Frequentemente foram levantadas questões em relação ao apoio das editoras externas à Wii U e no artigo completo podem ficar com uma perspectiva de como foi trabalhar com a Nintendo na altura e como o futuro da Nintendo Wii U poderá ser.

Salta para os comentários (64)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (64)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários