Razer Wolvernine V2 Chroma review - Colorido e agora com paddles

E também mais caro.

Foi ainda há poucos meses, mais precisamente em Março deste ano, que a Razer lançou o Wolverine V2, um comando para PC, Xbox One e Xbox Series X | S com várias melhorias perante o comando padrão da Microsoft. Apesar da nomenclatura V2 à frente do nome sugerir que esta é uma versão ainda melhor do que o Wolverine anterior, na verdade o comando tinha falta de funcionalidades presentes no modelo original. A mais gritante eram os paddles, os botões extra na parte traseira do comando que servem de atalho para diversas acções mediante o género do jogo. Quando publicamos a review, uma das coisas que dissemos foi que a Razer parecia estar a deixar de fora funcionalidades de propósito para lançar mais tarde uma versão melhor. Estávamos certos.

Na semana passada recebemos o Razer Wolverine V2 Chroma para review. A iluminação RGB Chroma personalizável é apenas uma das novidades desta versão. A novidade mais importante é mesmo a inclusão dos paddles. Perante a versão original do Razer Wolverine, o modelo Chroma ganha quatro botões adicionais na parte de trás, oferecendo uma personalização maior para o utilizador e potencialmente vantagens competitivas em diversos jogos. As diferenças vão mais além. O Wolverine V2 Chroma tem analógicos magnéticos que podem ser trocados. Para além dos analógicos normais, a caixa inclui um analógico convexo e um analógico côncavo de maior altura (serve para teres maior controlo e precisão, principalmente em jogos de tiros).

O D-Pad do Razer Wolverine V2 Chroma também foi alterado perante o modelo que testámos em Março de 2021. O D-Pad continua a ser hiper-responsivo, com sensação semelhante ao clique de um rato (os botões principais A, X, Y e B também são do mesmo tipo), mas tem agora oito direcções. Em efeitos práticos, resulta numa maior precisão nos ataques especiais em jogos de luta e no controlo da personagem em jogos de plataformas. É pena que os paddles na traseira não sejam também hiper-responsivos. É realmente estranho que todos os botões do comando respondam como um clique de um rato, menos os paddles. Deste modo, são mais lentos a responder e o feedback não é tão agradável.

O preço aumentou com a adição de novidades

O Razer Wolverine V2 Chroma é 40 euros mais caro do que a versão lançada em Março. A versão original custa €119.99, o modelo Chroma custa €159.99. É um comando profissional com praticamente todas as funcionalidades extra desejadas, mas continua a faltar a possibilidade de se jogar sem fios. O comando não tem bateria e só funciona quando ligado por cabo. Percebo perfeitamente que jogar por cabo é melhor, sobretudo em contexto de torneios, mas de qualquer forma deveria existir a opção de se jogar sem fio. O comando custa mais do dobro comparativamente a um comando normal da Xbox. Quando se paga este preço por um comando, não deveriam existir compromissos.

Razer Wolverine V2: Razer Wolverine V2 Chroma:
  • Cabo Fixo
  • Botões Mecha-Tácteis
  • Dois botões multifunções
  • Sem analógicos substituíveis
  • Bloqueador de gatilhos
  • Sem Razer Chroma RGB
  • D-Pad de quatro direcções
  • €119.99
  • Cabo Removível USB-C
  • Botões Mecha-Tácteis (menos nos paddles)
  • Seis botões multifunções
  • Dois analógicos substituíveis
  • Bloqueador de gatilhos
  • Razer Chroma RGB
  • D-Pad circular de oito direcções
  • €159.99

No resto, esta versão Chroma é idêntica à versão que já testámos em Março. O comando tem uma qualidade inegável ao toque e assenta confortavelmente nas mãos. Uma das vantagens da ausência de bateria é a leveza do comando, se bem que isto é completamente relativo - há jogadores que preferem comandos mais pesados. A qualidade de construção e os materiais estão em linha com o que a Razer nos habitou, transmitindo uma sensação premium ao toque. A personalização dos efeitos Chroma (são duas linhas, uma na esquerda e outra na direita) é feita através da aplicação Razer Controller Setup, disponível nas consolas Xbox e no Windows 10. Os efeitos são os seguintes: Pulsante, Ciclo de Espectro, Estático, Desligado. A mesma aplicação serve para atribuir as funções desejadas aos botões extra.

Razer Wolverine V2 Chroma - Conclusão

A versão Chroma veio corrigir algumas das falhas apontadas à versão original do comando, mas ainda assim, ficaram a faltar algumas coisas, como a possibilidade de se jogar sem fio. É uma pena que os paddles não sejam tão responsivos como os restantes botões do comando, visto que já houve comandos da Razer que tinham esta característica. Ainda assim, é um comando espectacular e uma das melhores opções para quem procura um comando profissional para as consolas Xbox e/ou PC. A única opção comparável é o Microsoft Elite 2.

Prós: Contras:
  • Leve, ergónomico e muito confortável
  • Sensação premium ao toque
  • Os botões são ultra-responsivos, como um clique de rato
  • O efeito chroma torna o comando ainda mais bonito
  • Podes trocar os analógicos
  • Grande personalização dos botões
  • Não tem opção de se jogar sem fio
  • Os paddles não são Mecha Tácteis como os restantes botões

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (0)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (0)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários