Novos detalhes de Alan Wake

Iluminação vai ter papel importantíssimo.

Apesar de anunciado e revelado pela primeira vez há já muito tempo, pouco ainda se sabe sobre Alan Wake e com todo o secretismo com que a Remedy tem tratado o título, não se sabe quando vamos poder saber mais.

Depois de ter passado completamente ao lado da GDC, é quase com espanto que vemos chegar novos detalhes de Alan Wake que surgem através de um site Norueguês que esteve à conversa com Oskari Hakkinen da Remedy.

Segundo Oskari Hakkinen, Alan Wake é considerado pelos seus criadores como um jogo de acção psicológica com menos acção que Max Payne e com uma história mais envolvente do que um jogo de terror como Silent Hill. A Remedy espera que a iluminação se torne numa inovação nos videojogos tal como fez com o Bullet Time em May Payne. Hakkinen não adianta muito, apenas diz que a iluminação é um elemento crucial e está relacionada com o sistema de luta também.

A história do jogo vai-nos colocar no papel de Alan Wake, um escritor que é levado até Bright Falls em Washington pela sua mulher Alice. Wake não consegue escrever nada há dois anos e espera que aqui consiga acabar com o bloqueio que o afecta mas tudo começa a correr mal e Wake começa a ter pesadelos que se ligam com o mundo real, páginas do seu novo livro desaparecem e também a sua mulher. Wake vai ter que descobrir o que se passa enquanto coisas estranhas começam a acontecer e se torna mais difícil discernir o que se passa.

O jogo vai ser separado por episódios com cada um a ter o seu conteúdo próprio e final em suspenso a preparar o próximo, algo como visto em Alone in the Dark.

Hakkinen também revela que a Remedy pretende criar uma experiência credível e realista e mesmo com a existência de acção e mesmo que o jogo nos coloque em pesadelos, não vão existir monstros ou zombies. É uma experiência psicológica e a atmosfera vai ser um dos elementos chave da experiência.

Para assegurar uma atmosfera envolvente, a Remedy criou um sistema climatérico dinâmico e um ciclo de dia e noite. O cilma não vai ser apenas para efeito visual pois vai afectar e muito a jogabilidade. Hakkinen não entra em detalhes mas exemplifica que a chuva pode por exemplo alterar a condução do carro e o nevoeiro reduz a nossa visibilidade.

Por enquanto estas são as novidades sobre Alan Wake, um título pelo qual desejamos saber mais e pelo qual esperamos na E3.

Publicidade

Salta para os comentários (19)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (19)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários