Mais pirataria em Modern Warfare 2

Desta vez jovem preso em Miami.

Com os níveis de hype em volta de Modern Warfare 2 em alta, o desejo de se aproveitar dessa situação não está apenas do lado da Activision, mas também na onda de pirataria.

Confiante que qualquer fuga de jogos piratas terá um forte impacto nas vendas do Modern Warfare 2, a Activision tem feito de tudo para que este problema não aumente.

O mais recente caso mediático diz respeito à prisão de Christain Del Amo, um jovem de 18 anos de Miami, pela polícia de Miami. Del Amo foi apanhado após denúncia e contratação por parte da Activision da companhia privada de crimes cibernéticos, a IPCybercrime.com, que alertaram sobre um comentário no site xbox360iso.com.

Após essa denúncia, a IPCybercrime.com empreendeu uma busca pela Internet, tentado apanhar quem estivesse a vender cópias piratas. Pelo que foi informado, Del Amo pediu um donativo no referido site, para poder comprar um pack de Modern Warfare 2, que estava a ser referenciado no site de classificados CraigsList por 500$, que tinha sido roubado de um armazém de uma loja em Los Angeles, onde posteriormente foram também descobertos.

A companhia IPCybercrime.com, conseguiu por intermédio do email desse utilizador, chegar a uma conta no Facebook, onde referia que efectuava cópias de jogos(debaixo da lacuna legal de backups), e modificações de consolas Xbox360. Após isso, conseguiram um número de telemóvel de Del Amo, onde houve uma troca de mensagens. Após isso os detectives privados conseguiram uma morada, pela conta de Facebook o que levou directamente ao jovem. A IPCybercrime.com contactou a polícia de Miami, onde foi efectuado uma compra fictícia para apanhar Christain Del Amo. E assim foi.

De realçar que Christain Del Amo não pretendia apenas vender cópias piratas, mas também queria fazer passar essas cópias como sendo verdadeiras, num verdadeiro esquema ilegal. Tudo isto aos 18 anos. Poderão ler com mais pormenor todo este processo, em Venturebeat.com

De acordo com Rob Holmes, dono da IPCybercrime.com, acredita que “Isto é uma lição, pois se pretendes efectuar pirataria em larga escala, irás ser apanhado. Quando usas a Internet, deixas sempre pistas em algum lado."

Caso para dizer, o crime não compensa. Ou será que compensa?

Salta para os comentários (38)

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets  |  eurogamerpt

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Conteúdos relacionados

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Forza Motorsport 7 vai ser removido das lojas digitais

Microsoft anuncia que o jogo chegou ao final de vida.

Também no site...

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

Comentários (38)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários