AMD revela os processadores Ryzen 3000 e as gráficas RX 5700 de nova geração

As CPUs Ryzen de 3ª geração da Team Red e as GPUs Navi chegam em Julho.

A AMD anunciou os seus novos processadores, gráficas e motherboards na Computex 2019, um dos maiores eventos de hardware. Lisa Su, CEO da Team Red, revelou a GPU RX 5700 Navi, cinco CPUs Ryzen 3000 e as primeiras motherboards X570.

As gráficas de próxima geração da companhia, baseadas na arquitectura Navi, foram alvo de insistentes rumores durante meses e, na Computex, a AMD revelou os primeiros detalhes oficiais. A primeira gráfica será a série Radeon RX 5700 e, segundo a AMD, oferece uma performance ao nível da GeForce RTX 2070 da Nvidia. A companhia demonstrou isto com uma apresentação de Strange Brigade, um jogo com suporte para Vulkan, no qual a Radeon geralmente tem melhor performance do que a GeForce - a RX 5700 liderou sobre a RTX 2070 por 10%.

Além de passar para o processo de 7nm produzido pela TSMC, a AMD diz que as novas gráficas são construídas com uma nova micro-arquitectura chamada RDNA, que substitui a GCN adoptada em 2011. A RDNA poderá conseguir aumentos de 25% na performance por relógio e 50% de melhoria na performance por watt. Ainda teremos de ver até que ponto isto é mesmo uma nova arquitectura. Um anterior mapa da AMD aponta para uma arquitectura de nova geração após a Navi e as drivers Linux sugerem uma base GCN. Além disso, a Anandtech diz que a RDNA ainda usa os mesmos 64 shaders por unidade computacional. Esperamos descobrir mais sobre a RDNA em breve.

A série RX 5700 chega em Julho e teremos mais informações da AMD na apresentação Next Horizon Gaming a 10 de Junho - onde deverá falar sobre especificidades dos produtos, funcionalidades e performance em vários jogos.

rx_5700

Os processadores de alta gama Ryzen de 3ª geração foram o destaque do evento. Lisa Su revelou 3 novos modelos: o Ryzen 7 3700X de $329, o Ryzen 7 3800X de $399 e o Ryzen 9 3900X de $499. Usam todos cores Zen 2, oferecendo o dobro da performance, o dobro do tamanho da cache e um importante aumento de 15% nas instruções por relógio, comparado com a actual tecnologia da AMD. Duas CPUs Ryzen 5 de média gama também foram anunciadas. Podes ver comparações entre os diferentes modelos na tabela em baixo.

Cores/Threads Base/Boost Clock TDP Preço
Ryzen 5 3600 6C/12T 3.6GHz/4.2GHz 65W $199
Ryzen 5 3600X 6C/12T 3.8GHz/4.4GHz 95W $249
Ryzen 7 3700X 8C/16T 3.9GHz/4.5GHz 65W $329
Ryzen 7 3800X 8C/16T 3.9GHz/4.5GHz 105W $399
Ryzen 9 3900X 12C/24T 3.8GHz/4.6GHz 105W $499

As vantagens do processo 7nm e cores Zen 2 permitem à AMD posicionar de forma agressiva os seus novos chips. Su mostrou que o 3700X é melhor do que o Intel Core i7 9700K no Cinebench, enquanto o 3800X ofereceu em PUBG a mesma performance do Core i9 9900K.

1

O Ryzen 9 3900X, guardado para o final do evento, é um monstro de 12-cores, 24-threads, que custa $499. Os benchmarks da AMD mostraram-no a bater em 14% o Core i9 9920X numa renderização Blender. O novo chip Ryzen 9 tem o mesmo número de núcleos e threads que os concorrentes da Intel, mas tem melhor performance (de acordo com a AMD) e um TDP de 60W. Tendo em conta que o 3900X também funciona na plataforma AM4, mais barata, e que o processador em si custa metade, é um grande feito. Mas poderemos ter mais em breve: o Ryzen 9 3900X usa dois 'chiplets' octo-core com um par deles desactivados por cada matriz, por isso existe potencial para a AMD lançar um chip 16-core/32-threads para os consumidores. O famoso leaker Apisak já descobriu amostras de especificações para tal chip.

Todos os 5 processadores AMD anunciados oficialmente chegam a 7 de Julho, o que revela o empenho da companhia ao número 7.

mobo

A AMD também falou na nova plataforma X570, representada por espantosas 56 motherboards X570 no lançamento. Apesar da maior largura de banda suportada pela PCIe 4.0 ser a funcionalidade que se destaca, o chipset também suporta até 40 linhas PCIe, 12 entradas USB 10Gbps e 14 entradas SATA. No entanto, TDPs superiores nestas motherboards significa que exigem arrefecimento activo, o que é raro. Os novos processadores Ryzen de terceira geração também vão funcionar com a maioria das, (se não todas), existentes motherboards AM4.

No final da apresentação, AMD demonstrou a largura de banda extra fornecida pela PCIe 4.0 nas motherboards X570 ao colocar um Ryzen 7 3800X e RX 5700 contra a melhor dupla da Intel/Nvidia, o Core i9 9900K e RTX 2080 Ti. Na demo 3DMark PCIe 4.0 demo, a Team Green conseguiu apenas 14fps enquanto a Team Red conseguiu 25fps. Vai ser curioso ver as vantagens reais da PCIe 4.0 para os videojogos - até à data, não existem grandes indícios de GPUs topo de gama a chegar aos limites PCIe.

Será interessante ver como a Intel e Nvidia vão lutar contra a AMD. Não será preciso esperar muito - ambas vão revelar novidades na Computex ao longo dos próximos dias, enquanto a AMD revelará mais sobre o seu entusiasmante catálogo na E3 em Junho.

Publicidade

Salta para os comentários (62)

Sobre o Autor

Will Judd

Will Judd

Senior Staff Writer, Digital Foundry

A bizarre British-American hybrid, Will turns caffeine into technology articles through a little-known process called 'writing'. His favourite games are Counter-Strike, StarCraft and Fallout 2.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (62)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários