Digital Foundry: Revisitamos Sonic Generations: corre lindamente no PC

Uma fantástica experiência 4K 60fps pouco exigente.

2017 podia ter sido o Ano do Ouriço graças à chegada de dois jogos Sonic de alto perfil. Sonic Mania é algo muito especial, um regresso brilhante do clássico 2D - mas no lado 3D, a SEGA deixou a desejar. Sonic Forces foi uma desilusão, uma pena tendo em conta o quão bom Sonic Generations foi - especialmente no PC. O jogo envelheceu muito bem e o suporte dos mods é excepcional e corre lindamente a 4K nativa numa gráfica da gama da GTX 970.

Sonic Generations foi lançado em 2011 e ao contrário das versões de consola que correm a 30fps, a versão PC corre a 60fps e em resoluções superiores. Usa o Hedgehog Engine e oferece visuais que se aguentam bem em 2018. A sério, acreditamos que a qualidade deste trabalho está acima de Forces.

A qualidade visual brilha com a sua fantástica direcção de arte, conduta pós-processamento bem conseguida, que inclui um campo de profundidade e motion blur de boa qualidade, modelos detalhados e um trabalho de texturas rico. A estrela é a iluminação global - criada para Sonic Unleashed, desenhada para simular reflexos de luz realistas em níveis grandes. Os dados da iluminação são pré-calculados, guardados nas texturas e depois lidos durante o gameplay enquanto os personagens se misturam com o cenário, através de uma técnica chamada 'campo de luz'. Para um motor que começou a ser desenvolvido em 2005, é um feito impressionante.

Com um gráfica da gama da GTX 970 corres o jogo a 4K, no máximo e perto de 60fps fixos, apenas perdendo fotogramas em áreas ricas em texturas alpha, mesmo assim, apenas ocasionalmente. Um overclock pode ajudar na estabilidade, mas mesmo assim existem quedas muito raras. No geral, uma GPU desta gama (testámos uma Radeon RX 580 e tivemos resultados similares) cumpre e tem um aspecto magnífico.

Sonic Generations a 4K60 num PC mainstream.

Existem várias experiências 4K fantásticas que podes ter num PC de mainstream - mas por vezes é preciso um esforço de configuração e teste para uma experiência consistente. No entanto, Sonic Generations é um dos jogos mais básicos que já vimos. Podes inicar o jogo e corre sem problemas, apenas existem duas opções que podes reduzir e não afectam a performance. A experiência geral que tens é linda e rápida.

O jogo tem bom aspecto, já o jogaste e agora queres mais. É aqui que te viras para o Unleashed Project. A sua actual versão inclui todos os níveis principais do jogo Xbox 360 e PS3, Sonic Unleashed, incorporados no motor de Generations. Este projecto foi executado por pessoas muito talentosas ao longo de vários anos e os resultados são incríveis, os jogadores podem jogar os principais níveis - que serviram como a base original para os níveis do Sonic moderno em Generations.

Preso nas consolas de anterior geração, Unleashed foi um projecto ambicioso e o primeiro Sonic criado com este motor. Tendo em conta que foi lançado em 2008, é espantoso o quão bem se aguenta, convertido para um jogo PC de 2011 que corre em equipamento moderno a 4K. Estes níveis 'extra' adicionados são espectaculares.

O que é interessante nesta conversão é como as mecânicas e funcionalidades melhoradas de Generations foram adaptadas para os níveis mais antigos. Coisas como segmentos QTE de Unleashed foram substituídas com arco-íris de anéis. Sem esquecer que tens os controlos melhorados de Generations e um gameplay mais polido.

Sonic Forces foi a tentativa da SEGA em actualizar o lado 3D da série. Tem os seus méritos, mas acreditamos que não se compara a Generations.

Somos fãs de Sonic Unleashed, mas não podemos negar que tem os seus problemas e este mod consegue focar-se nas melhores partes do jogo. O Werehog desaparece, tal como o mundo central e a Eggman Land - o último nível do jogo onde controlas vários personagens .

Ok, o que faz com que isto valha a pena? Sonic tem uma má reputação no que diz respeito ao gameplay 3D, mas acreditamos que Sonic Generations é um dos casos em que o ouriço azul brilha em três dimensões. Tens de ter em conta que este jogo é parte do design 'Boost Sonic' e não se aproxima dos originais. O design dos níveis aproxima-se mais a uma espécie de corridas, mas quando te habituas, torna-se divertido.

Jogar qualquer nível Boost Sonic pode ser altamente divertido depois de te habituares. O jogo é sobre reacções rápidas aos desafios e encadear sequências de movimentos. Uma boa corrida num nível de Sonic Generations pode dar-te a mesma sensação que tens ao executar uma sequência perfeita num Tony Hawk clássico. Isto também significa que falhar é frustrante do que na maioria dos jogos de plataformas pois o ritmo pode parar por completo - mas quando acertas, a experiência é muito satisfatória.

Sonic Generations possui uma mistura poderosa de gameplay a alta velocidade que premia o tempo de reacção e a habilidade. Acompanhado por visuais belos e uma soberba banda sonora, resulta de uma forma que Sonic Forces não consegue. O que nos surpreendeu foi o quão bem um jogo de 2011 se adapta para ecrãs 4K, conseguindo 60fps em equipamento PC barato. O facto dos níveis adicionais de Sonic Unleashed de 2008 terem tão bom aspecto apenas o torna mais apelativo. Se queres mais Sonic depois do incrível Sonic Mania, é este o caminho a seguir.

Publicidade

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

John Linneman

John Linneman

Staff Writer, Digital Foundry

An American living in Germany, John has been gaming and collecting games since the late 80s. His keen eye for and obsession with high frame-rates have earned him the nickname "The Human FRAPS" in some circles. He’s also responsible for the creation of DF Retro.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários