Quase metade da receita de Fortnite é amealhada na PlayStation

Documentos mostram que é a consola da Sony onde os jogadores mais gastam no f2p.

De acordo com novos documentos que foram submetidos pela Epic Games ao tribunal nos Estados Unidos, na sua luta contra a Apple, é na PlayStation que Fortnite, o popular battle royale gratuito, mais dinheiro amealha.

No início de Abril, foi revelado ao tribunal que Fortnite amealhou mais de $700 milhões na versão iOS ao longo dos dois anos antes de ser removido pela Apple da sua loja digital, mas agora ficamos a saber que isso é apenas uma pequena parte das receitas totais. Novos documentos revela que a PS4 foi responsável por quase metade das receitas geradas em Fortnite, entre Março de 2018 e Julho de 2020.

Os novos documentos, partilhados pelo The Verge, mostram que a versão PS4 representa 46.8 das receitas amealhadas pela Epic Games com Fortnite, enquanto a Xbox One é a segunda plataforma onde a Epic mais dinheiro ganhou com o jogo.

A Nintendo Switch ficou em 3º lugar, à frente do PC, enquanto a versão iOS surge apenas em 5º lugar, à frente apenas da versão Android. Apesar disto, é preciso ter em conta os números totais amealhados por Fortnite e $700 milhões continua a ser um valor impressionante.

Joe Babcock, CFO da Epic Games até Março de 2020, confirmou ao tribunal estas posições e que a versão iOS amealhou menos do que as já referidas versões, o que não surpreende pois a Epic já tinha referido que a versão iOS representava 10% dos jogadores mensais ativos.

Graças a estes documentos, é possível ter uma melhor ideia do quão popular é Fortnite nas plataformas caseiras e dedicadas, apesar da popularidade do formato mobile das quantias incríveis que jogos mobile conseguem amealhar.

Salta para os comentários (21)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (21)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários