The Last of Us: Parte 2 banido no Médio Oriente

Não cumpre com as regras.

A PlayStation confirmou que The Last of Us: Parte 2 não será lançado no Médio Oriente.

Estamos a menos de um mês do lançamento do aguardado novo jogo da Naughty Dog e o suporte da PlayStation no Médio Oriente confirmou, via ResetEra, que a ausência do jogo para reserva em qualquer loja poderá significar que foi banido.

Nos tempos recentes, diversas editoras optaram por ajustar os seus jogos ou até remover algum conteúdo que não é aceite em diversos países do Médio Oriente, como nudez, consumo de substâncias proibidas ou cenas de extrema violência.

A Ubisoft censurou as cenas de nudez em Assassin's Creed: Origins e Odyssey, algo que também foi feito pela CD Projekt RED em The Witcher 3, para permitir o lançamento no Médio Oriente. No entanto, o caso de The Last of Us: Parte 2 poderá não ser tão "simples" pois inclui conteúdo LGBT que não é de forma alguma tolerado nestes territórios.

Desde 2018 que os jogadores no Médio Oriente especulam sobre este assunto e agora, após meses sem promoção ao jogo ou a capacidade de o reservar na PS Store, chegou a confirmação.

The Last of Us: Parte 2 chegará a 19 de Junho de 2020.

Salta para os comentários (117)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (117)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários