O Google Stadia é o melhor do PC e consola num só, diz criadora indie

"As consolas são uma dor de cabeça."

A Google está prestes a apresentar o que acredita ser uma verdadeira revolução na indústria dos videojogos, o Stadia, serviço de streaming que chegará a 19 de Novembro a cerca de 14 países.

Inicialmente, o Google Stadia apresentará 12 jogos, mas esse número crescerá ao longo dos próximos meses, especialmente porque representa uma entusiasmante oportunidade para estúdios e editoras que se querem livrar de algumas amarras.

Numa recente entrevista com o GamesRadar, via Wccftech, alguns criadores independentes comentaram o que consideram ser o mais atractivo no desenvolvimento de jogos para o Google Stadia e um deles diz mesmo que é o melhor do PC e das consolas num só.

Gwen Frey, que está a desenvolver Kine, diz que as consolas são uma dor de cabeça e que o Google Stadia resolve muitos problemas.

"É o melhor do PC e o melhor das consolas. Um conjunto específico de hardware, mas não está limitado por uma caixa específica. As consolas são uma dor de cabeça," diz Frey.

Raúl Rubio Munárriz da Tequila Works, responsáveis por RiME e que desenvolveram GYLT para o Stadia, acrescentou que o serviço muda o paradigma e torna irrelevante o poder.

"Antes tinhas de distribuir recursos para a inteligência artificial e físicas, já não é o caso. É como encontrar alguém que subitamente não tem corpo. O poder já não é relevante."

"Para os criadores, isso é muito bom."

David Canela, produtor em GYLT, concorda e diz que o Stadia trará diversos benefícios para os videojogos.

A tecnologia da Google permitirá desfrutar de videojogos com elevada fidelidade, sem a necessidade de uma caixa e ligada aos servidores, o que reduzirá a latência na experiência.

"É raro o desenvolvimento passar de 30 para 60fps a meio, mas tivemos um alto rácio de fotogramas na maioria do tempo."

"O facto de apenas estares a efectuar streaming de vídeo dos servidores, a latência nos jogos online é altamente reduzida. Eles têm as máquinas, estão conectadas e são muito rápidas. Isso é uma mudança significativa para o futuro."

Como referido, o Google Stadia chegará a 19 de Novembro, mas Portugal e Brasil não estão na lista para 2019.

Publicidade

Salta para os comentários (49)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (49)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários