Fumito Ueda revela que nunca planeou entrar no mundo dos videojogos

Era suposto ser algo temporário.

Fumita Ueda criou alguns dos maiores exclusivos que alguma vez chegaram às consolas Playstation, como Ico ou Shadow of the Colossus. No entanto, foi revelado durante a Reboot Develop, na Croácia, que o mundo dos videojogos não era o desejo inicial do realizador.

De acordo com o VG247, a paixão inicial de Ueda era a arte e que o mesmo nunca planeou entrar no mercado dos videojogos. Quando completou o ensino secundário e a universidade, o próprio revelou, através de um tradutor, que "Não sabia se ia conseguir ganhar dinheiro assim. Não sei se esse é um sonho muito realista de se ter, fazer arte".

Assim sendo, Ueda pensou que iria criar jogos durante alguns anos até que a sua carreira no ramo da arte começasse a ganhar maior peso. Esta filosofia esteve por trás da criação dos seus jogos: uma vez que pensava que um jogo poderia ser o seu último, o director apostava em grande no design já que não tinha nada a perder. E, com isso, criou alguns dos jogos mais aclamados de toda a história.

De qualquer das formas, parece que Ueda já se conformou com o seu destino e, há cinco anos, concluiu que seria um designer de videojogos durante toda a sua vida.

Já jogaste alguma das suas obras?

Publicidade

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Jorge Salgado

Jorge Salgado

Redactor

Fã de cultura pop, séries jogos animes. É o nosso noobie.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários