A série Dead or Alive sempre se destacou pela sua sensualidade e pela forma como usa as lutadoras para promover os novos lançamentos, mas a Koei Tecmo poderá ter ido longe demais no Evo Japan.

Dead or Alive 6 está presente no Evo Japan e durante uma apresentação conduzida por Yohei Shimbori, director do jogo, a transmissão em directo foi cortada e a organização pediu desculpas aos espectadores.

O corte na transmissão aconteceu pois enquanto jogava, Shimbori estava constantemente a pausar o jogo em momentos específicos para aproximar a imagem dos peitos das lutadores.

Shimbori também comentou alguns movimentos, como os que podes ver na imagem, enquanto manipulava a câmara para demonstrar a sensualidade de cada situação, algo que sempre fez parte da imagem de Dead or Alive.

Para tornar as coisas mais estranhas, Shimbori estava acompanhado por duas modelos que estavam constantemente a comentar a sensualidade dos movimentos e a tecer comentários sobre os corpos uma da outra.

A transmissão foi interrompida, mas podes ver vídeos das poses comprometedoras com o jogo parado e das modelos que comentavam os corpos uma da outra, graças ao ResetERA, enquanto Shimbori jogava.

A organização interrompeu a transmissão e pediu desculpas por este segmento que considerou impróprio para o Evo Japan e por não representar os valores da comunidade adepta dos fighting games.

Dead or Alive 6 chegará às lojas a 1 de Março e parece que a Koei Tecmo está realmente decidida em focar-se na sensualidade para o destacar.

1

Publicidade

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Mais artigos pelo Bruno Galvão