Até que Battlefield Hardline não chegue às lojas a Visceral Games continua a ser sinónimo de Dead Space, e numa recente entrevista com Steve Papoutsis, gestor geral do estúdio, ele sugeriu que a companhia ainda não esqueceu a série de terror que os projectou para os holofotes da fama.

"Muitas pessoas aqui na Visceral Games reservam um lugar especial no seu coração para Dead Space, e neste momento estamos ocupados com Hardline e... outras coisas," disse Papoutsis, em entrevista com a revista britânica GamesTM. "Mas definitivamente é algo que gostaríamos de voltar a trabalhar."

Mas o problema não está apenas no desenvolvimento de Hardline, é que apesar do lançamento iminente, o estúdio terá que continuar a trabalhar durante vários meses para oferecer aos jogadores um modo online estável e cativante. Além disso a Visceral Games também se encontra a trabalhar num jogo de Star Wars, que especula-se que seja o sucessor espiritual do cancelado Star Wars: 1313.

Como franquia Dead Space acumula 10 milhões de unidades vendidas, sendo que 2 milhões correspondem a Dead Space 3.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves