Remedy dirige-se aos fãs de Alan Wake

Para explicar o motivo pelo qual não está a trabalhar na sequela.

Sam Lake, o diretor criativo do Remedy Entertainment, dirigiu-se aos fãs de Alan Wake num vídeo para explicar o motivo pelo qual o estúdio está a trabalhar numa nova propriedade intelectual em vez de Alan Wake 2.

O estúdio empenhou-se arduamente na sequela depois do primeiro jogo ter sido lançado para a Xbox 360, mas devido a vendas fracas, a sequela acabou por não se tornar viável.

No totalidade, contando com as vendas com vendas das versões PC e Xbox 360 de Alan Wake e Alan Wake's American Nightmware, a franquia moveu 3 milhões de unidades.

A nova propriedade, Quantum Break, exclusiva da Xbox One, apreende tudo o que o estúdio aprendeu com Max Payne e Alan Wake e é maior que estes dois jogos.

Sam Lake confessa que o estúdio poderia ter optado por reduzir Alan Wake 2, tornando a sua publicação menos arriscada (na publicação de jogos há uma quantidade de dinheiro enorme envolvida), mas não seria justo para os fãs.

Alan Wake ficará assim arrumado num armazém, como mostrado no final do vídeo, até que surja a oportunidade correta para voltar a pegar no adorado escritor.

Publicidade

Salta para os comentários (32)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Quantum Error anunciado para a PS5 e PS4

Terror e acção na primeira pessoa.

Bloodborne faz hoje 5 anos

Será que haverá uma sequela na PS5?

Jill será jogável em Resident Evil Resistance

Novo trailer mostra mais cenas da campanha.

Resident Evil 3 passará por problemas de stock na Europa

Capcom avisa para problemas na distribuição.

Também no site...

Comentários (32)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários