Sony: 2011 foi um ano duro

Cabe à PS Vita levantar a moral da companhia.

Andrew House, o presidente da SCEE, reflectiu numa entrevista com o The Guardian sobre os desafios que a companhia teve que enfrentar em 2011 e sobre as suas expectativas para este ano

O ano que passou trouxe grandes aflições para a Sony. Em primeiro lugar houve a questão do terramoto e tsunami no Japão, e como se não bastasse, houve ainda o ataque à PlayStation Network, que deixou a rede indisponível durante um mês.

Com tudo isto, House reconhece que os funcionários da companhia estão a precisar de um grande lançamento para aumentar a moral, e essa tarefa, cabe à PlayStation Vita, que chegará ao Ocidente no próximo mês.

"Passamos por um período duro na companhia para conseguirmos obter lucro. Estamos agora a começar a desfrutar dos benefícios disso - dá-nos mais liberdade para olhar para o futuro e para investir em novos modelos de negócio e novas abordagens aos videojogos," disse House.

Sobre 2012, House disse que "parece que será um ano mais positivo que 2011, e que traga grandes benefícios para os jogadores de todo o mundo."

Salta para os comentários (33)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Recomendado | Death's Door - review - The Legend of Souls

Uma cativante experiência do início ao fim.

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Também no site...

Recomendado | Death's Door - review - The Legend of Souls

Uma cativante experiência do início ao fim.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Comentários (33)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários