Kojima queria acabar com Metal Gear

Mas agora quer atender aos pedidos dos fãs.

Hideo Kojima confessou que acabou por deixar de vez a ideia que tinha em acabar com a série Metal Gear Solid.

Numa longa e interessante entrevista com a Revista Oficial PlayStation do Reino Unido, Kojima contou que nunca teve nos seus planos fazer muitos jogos da série, mas que a pressão vinda por parte dos produtores da Kojima Productions e por parte das expectativas dos fãs fizeram-no mudar de ideias.

"Eu queria terminá-la todas as vezes," disse Kojima. " Em Guns of Patriots era suposto Snake morrer. Todos na equipa queriam que eu o mantivesse vivo, por isso acabei por ceder um pouco."

"Senti a necessidade de que queria acabar com a série, mas agora olhando para trás e como produtor, penso que enquanto as pessoas quiserem continuar a jogá-lo, quero continuar a fazer aquilo que elas pedem. Por isso não penso que seja uma coisa má."

Kojima referiu também que é muito difícil de gerir o equilíbrio entre o artista e o homem de negócios.

"Na minha essência sou um criador, mas ao mesmo tempo também tenho de gerir a parte do negócio disto, descobrir como vender o jogo. Ainda estou a tentar encontrar o equilíbrio, é muito difícil. Como é que fazes para garantires que algo venda e que continue a ser fiel à tua visão?"

Conteúdos relacionados

"O número de AAA gigantescos vai diminuir", afirma Kojima

Acredita que jogos vivos serão mais sustentáveis.

Mais de 10 milhões de pessoas descarregaram as ofertas Play at Home

Uncharted: Nathan Drake Collection e Journey foram oferecidos em Abril pela Sony.

Também no site...

Comentários (18)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários