Call of Duty da Sledgehammer cancelado

Era um TPS e esteve em produção 6 meses.

A Sledgehammer parou a produção do seu jogo Call of Duty para trabalhar em Modern Warfare 3 a Infinity Ward.

"A oportunidade de trabalhar na maior coisa da indústria com a Infinity Ward, que demonstrou saber fazer software excepcional, era uma oportunidade que não podíamos perder," disse Michael Condrey, o co-fundador do estúdio, ao GameSpot.

Experiência para trabalhar em Call of Duty é algo que não falta ao estúdio. Condrey revelou que muitos dos funcionários da Sledgehammer já trabalharam na série e em jogos do género.

O Call of Duty da Sledgehammer era um TPS e esteve em produção durante seis meses. Segundo Condrey, o estúdio tinha um protótipo muito convincente e com bom aspeto.

Eric Hirshberg da Activision sugeriu em junho que o Call of Duty TPS ainda poderia ver a luz do dia, dizendo que era um jogo que ainda queria jogar.

A Sledgehammer está agora concentrada em Modern Warfare 3 juntamente com a Infinity Ward.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários