SEGA preocupada com a classificação de MadWorld

Polémica gerada pelo jogo preocupa a companhia.

Depois de ter sido proibido na Alemanha pelo seu conteúdo violento explicito, David Corless, representante da Sega, afirmou que a companhia nipónica está a trabalhar com a PEGI e a BBFC (organizações que classificam a faixa etária dos jogos), para que a classificação do jogo seja a adequada e que não ultrapasse em nenhum caso a idade recomendada que a empresa considera apropriada.

Corless diz que a SEGA está consciente de que o jogo contem cenas violentas, no entanto não considera que elas sejam ofensivas. Aliás para ele Madworld trata-se de um jogo cujo o seu aspecto fazem lembrar desenhos animados.

"Sim é violento, não queremos esconder isso. Mas vê-mo-lo como um jogo de fantasia, fantasia violenta. São simplesmente desenhos animados."

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Steam Game Festival: Summer Edition adiado

Decorrerá alguns dias mais tarde.

EA Play 2020 adiado

Existem conversas mais importantes a decorrer.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários