Halo Wars • Página 2

Comandar a expansão do universo Halo.

Se os fãs de Halo se vão render a Halo Wars mesmo saltando de género, tal deve-se em grande parte ao esquema de controlo conseguido e apresentado. Do mais intuitivo e fácil de aprender alguma vez visto numa consola, a Ensemble ganha só por este aspecto o mérito de mostrar que o género pode realmente triunfar numa consola. Os mais puristas vão continuar a reclamar o rato e teclado, mas Halo Wars é um RTS feito para uma consola e com o comando em mente, perante isto o esquema de controlos cumpre praticamente sem mácula. As mais variadas acções necessárias num jogo deste género são realizadas com extrema facilidade, tudo desde a gestão das tropas, gestão das bases, selecção de objectivos ou movimentação das unidades é feito com extrema facilidade.

Existem vários botões de atalho que nos permitem chegar a determinados pontos de forma instantânea, como onde foi feito o último aviso de confronto ou caso um ataque seja feito a unidades ou base, a construção de edifícios ou veículos partilha de toda a simplicidade de tudo o resto e podem sem quaisquer problemas seleccionar as unidades, quer sejam todas no local, uma única ou mesmo todas existentes ao nosso dispor. A facilidade com que se controla o jogo e com que se cumpre as diversas funções ajudam a que se torne ainda mais agradável de encarar e encaixam muito bem no espírito de algumas missões onde o dinamismo e a rapidez são necessários para executar as tarefas pedidas.

2
Com um belo uso de efeitos de iluminação e de cores, o visual é agradável mas raramente surpreendente.

Mesmo vindo de um estúdio diferente daquele que nos trouxe a série numerada, Halo Wars cumpre com um do requisitos mais adorados pelos fãs, um bom e cativante modo para vários jogadores. Para colmatar a relativa curta campanha, cuja longevidade é prolongada pela busca de conquistas de jogador desbloqueadas em níveis superiores de dificuldade, podemos ao lado de um amigo, ou completo desconhecido, colaborar para derrotar os Covenant completando a campanha em modo cooperativo online. É mais uma bela forma de afastar alguma monotonia que se possa abater sobre os que nada estão habituados a comandar e a conquistar mas que não querem perder mais uma infusão de conhecimento Halo. Se cooperar não é convosco ou se estão com vontade de controlar os Covenant, podem entrar nos modos competitivos e enfrentar adversários com vários objectivos a ditar a vitória. Podem lutar por objectivos iguais, nos quais vence quem conseguir melhor prestação, ou simplesmente derrotar o inimigo acabando com a sua base.

Num jogo deste género, a atenção é dada a outras características e o visual tende a ficar para segundo plano. Tal é o caso de Halo Wars cujo visual raramente vos irá surpreender mas ostenta a competência necessária para cumprir com os requisitos. O bom uso de efeitos de iluminação e as belas cores oferecem um agradável aspecto que no seu geral é também ele bastante simples. O uso do zoom facilmente revela um visual demasiado simples em alguns aspectos mas nada que o afaste dos melhores no género para consolas. Os movimentos e animações de alguns veículos são bem agradáveis de assistir especialmente porque os fãs vão adorar ver de outra perspectiva coisas que lhes são tão familiares. Se são fãs de Halo existe um elemento que conheceram e aprenderam a amar, a banda sonora. Halo Wars também nos dá um bom trabalho a nível sonoro, desde músicas envolventes e de grande qualidade a um elenco de actores que prestam um trabalho exemplar. São dois dos elementos que ajudam a tornar as sequências cinematográficas mais envolventes e de boa qualidade.

Halo Wars é um jogo extremamente divertido mesmo num género bem diferente do título original. Se são fãs da série nem sequer precisam de pensar duas vezes, no entanto, para os aficionados do género poderá assumir-se simples e pouco desafiante. Colocando na balança o vosso entusiasmo por este universo a nota poderá facilmente subir um ponto, e a simplicidade dos controlos é também uma mais valia, assim como os modos cooperativo e competitivo online.

8 /10

Lê o nosso Sistema de Pontuação

Salta para os comentários (54)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Metro Exodus - Quais as melhores armas do jogo?

Explicamos-te ainda como personalizar e limpar as tuas armas.

Metro Exodus - Todas as localizações dos Postais

Descobre a localização dos 21 postais em Metro Exodus.

Metro Exodus - Onde procurar todos os Diários

Onde encontrar as 71 páginas de Diário em Metro Exodus.

Comentários (54)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários