Durante a Computex 2019, a Nvidia revelou novos ecrãs compatíveis com G-Sync e falou sobre o porquê de muitos dos melhores monitores gaming falharem no processo de certificação.

A Nvidia adicionou gratuitamente o suporte FreeSync para gráficas GeForce no início do ano. Os utilizadores podem usar qualquer monitor FreeSync através do DisplayPort para activar a opção no painel de controlo Nvidia, mas uma pequena lista de monitores certificados pela companhia funcionam, garantidamente, de raiz, sem qualquer ajuste. A Nvidia anunciou que 12 monitores passaram o teste e outros 13 juntaram-se à lista nos meses seguintes. Hoje, a Nvidia anunciou três outros monitores compatíveis com G-Sync, aumentando para 28 o número total.

Os novos monitores são o Dell S2419HGF 120HZ de 24 polegadas, HP 25X 144Hz de 25 polegadas e LG 27GL850 144Hz 1440p de 27 polegadas.

g_sync_compatible_computex_2019_update_850px

A Nvidia testou mais de 500 monitores para apresentar estes 28, significando que apenas 5% conseguiu terminar o processo. A Nvidia falou sobre o processo numa mensagem interessante, onde revela como os candidatos foram diminuindo com o tempo. Não foi possível obter vários monitores e mais de 270 chumbaram devido ao seu alcance VRR muito pequeno - a Nvidia exige uma janela FreeSync de 2.4:1, no mínimo, por exemplo, 60-1440Hz. O resto dos monitores, mais de 200, exibiam problemas na qualidade de imagem, trepidação ou outros.

g_sync_computex_2019_g_sync_compatible_infographic_850px

Ainda na Computex, a Asus revelou um novo modelo pouco comum: um monitor IPS portátil de 17 polegadas, chamado ROG Strix XG17 com um refrescamento surpreendente a 240Hz. Isto rivaliza com os monitores gaming mais rápidos do mercado e pode operar até 3 horas nessa frequência, com uma bateria de 7800mAh. Com um rácio de refrescamento inferior, poderá durar até 4 ou 5 horas.

asus_rog_strix_xg17_1_large

A conectividade é feita através de USB-C e Micro HDMI, tornando-o num bom candidato para portáteis recentes com capacidade para altos rácios de fotogramas em jogos eSports como CS:Go, mas não têm um ecrã com alto rácio de refrescamento para acompanhar. O XG17 também suporta rácio de refrescamento variável, provavelmente FreeSync. É um pacote apelativo, mas certamente terá um preço premium. A Asus ainda não anunciou preço ou data de lançamento para este monitor gaming, mas no próximo mês chegará à lojas um similar monitor portátil táctil 1080p com 15.6 polegadas, chamado ZenScreen Touch.

Publicidade

Sobre o Autor

Will Judd

Will Judd

Senior Staff Writer, Digital Foundry

A bizarre British-American hybrid, Will turns caffeine into technology articles through a little-known process called 'writing'. His favourite games are Counter-Strike, StarCraft and Fallout 2.