Netflix não comprará estúdios de jogos a torto e a direito

Estará atenta a oportunidades que façam sentido.

Recentemente a Netflix, gigante do streaming de vídeo, anunciou os seus planos para reforçar a aposta nos videojogos, o que a motivou a comprar a Night School Studio, mas isso não significa que comprará estúdios a torto e a direito.

Apesar da aquisição dos responsáveis por Oxenfree e a contratação de Mike Verdu, ex-EA, a Netflix comentou com os investidores o que devem esperar em termos de aquisições.

"Mais uma vez, será algo relacionado com a oportunidade," disse Gregory Peters da Netflix.

"Não diria para esperarem que comecemos a comprar a torto e a direito ou algo assim. Esta será uma das ferramentas que usamos e olharemos de forma oportuna quando encontrarmos uma boa oportunidade."

Spencer Wang acrescentou que "podem ver pelo nosso historial, somos muito seletivos nas compras. Mas como disse o Greg, se surgir uma oportunidade, onde sentimos que estamos alinhados com a companhia, penso que é uma oportunidade que vamos agarrar. Mais uma vez, não é mais do que isso.

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Rumor: Sony vai juntar PS Plus e Now para criar novos patamares do serviço

Acesso a demos, jogos PS4, PS5 e streaming de clássicos.

It Takes Two alvo de reclamação de direitos de autor pela Take-Two

Hazelight abandonou o registo do nome, mas espera não ter de mudar o nome ao jogo.

O que estamos a jogar - 4 dezembro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

PS Plus no Japão conta com Judgment em dezembro

Japoneses recebem ofertas diferentes.

Também no site...

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários