Criador de Yakuza deixou a SEGA e gera reorganização do estúdio

No ano em que comemora 10 anos de vida, a Ryu Ga Gotoku Studio passa por uma grande remodelação e fala num futuro onde poderá apresentar mais jogos além de Judgment e Yakuza.

Depois das informações não oficiais, temos agora a confirmação que Toshihiro Nagoshi vai deixar a SEGA, uma lenda da companhia japonesa responsável por liderar o estúdio RGGS e também conhecido como o criador de várias propriedades de sucesso, incluindo Yakuza.

Além de Nagoshi, Daisuke Sato, veterano que desde o início acompanha Nagoshi na série Yakuza e desde 2011 ajudava a liderar o estúdio também está de saída da SEGA.

Masayoshi Yokoyama, outro veterano que está no estúdio desde o primeiro dia, será o novo líder e produtor executivo dos seus jogos, responsável por liderar o estúdio numa nova era.

Se quem sai fala com curiosidade sobre o que o sangue novo fará com Yakuza e Judgment, quem fica fala na vontade de mostrar que há muito mais aqui do que apenas Nagoshi e que Lost Judgment já é um exemplo da qualidade que está a caminho.

Yokoyama confirmou ainda que a sequela para Yakuza 7 já se encontra em desenvolvimento.

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários