Nem todos os jogos da Xbox serão feitos para se tornarem num serviço vivo

A companhia quer diversificar o catálogo.

Matt Booty, gestor dos Xbox Game Studios, comentou que nem todos os jogos desenvolvidos e lançados pela companhia serão feitos a pensar para se tornarem num serviço vivo, apesar do sucesso de Minecraft e Sea of Thieves.

Em conversa com o The Guardian, Booty disse que "não temos qualquer direção ou lei que dita que todos os jogos têm de ser um jogo contínuo e sustentado," dando exemplos de jogos que estão a caminho e não o são.

"Olha para Psychonauts. Poderá existir um Psychonauts 3, mas não vou dizer ao Tim Schafer para o desenvolver. Conhecendo a história dos jogos que ele cria, penso que não vai fazer um jogo com temporadas e que continua durante 5 anos," diz Booty.

Além disso, acrescenta que experiências para um jogador e focadas na narrativa são igualmente importantes e que existem diversos exemplos na Xbox Game Studios que o comprovam.

"Sea of Thieves tem longevidade e teremos o multijogador de Halo a começar em torno de temporadas, mas a Compulsion Games, o nosso estúdio em Montreal, não foram ordenados a construir algo que terá temporadas ou seis peças de conteúdo adicional ou qualquer coisa."

"Tell Me Why é uma história importante para nós, mas não existe uma lei que eles têm de descobrir como colocar temporadas num jogo," acrescentou Booty.

Desta forma, Booty relembra o que já comentaram anteriormente, os estúdios da Xbox têm liberdade para escolherem os seus projetos e o estilo de experiência que querem apresentar.

Salta para os comentários (10)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (10)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários