Já existe uma PS5 refrigerada a água

A primeira do mundo.

A refrigeração da PS5 foi tão importante para a Sony que a ventoinha gigante no centro da consola acabou por influenciar o design da consola. Além disso, foi usado pela primeira vez liquid metal em vez da tradicional pasta térmica.

Por aquilo que acabamos de apontar, a consola não tem (pelos até agora não foram descobertos casos) problemas de aquecimento. Todavia, há sempre pessoas que gostam de levar as coisas a extremos.

O pessoal do canal "Modding Cafe" decidiu que queria fazer a primeira PS5 do mundo refrigerada a água e meteu mãos à obra. O vídeo publicado no canal mostra todo o processo envolvido, desde a desmontagem, adaptação aos testes térmicos.

Apesar da modificação, a consola continuou a funcionar normalmente, com o benefício de que está mais "fresca" do que nunca (a temperatura máxima registada foi de 53.5 graus celcius). A equipa tem planos para lançar em breve uma versão comercial e para integrar a consola numa build de PC.

Nota: De acordo com outros testes térmicos, a PS5 normalmente tem um pico de temperatura que ronda os 65 graus celcius.

Um ponto negativo desta versão é que não cabe na carcaça original da consola e ocupa mais espaço, mas pelo lado positivo, é muito mais vistosa e tem partes transparentes.

Salta para os comentários (22)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (22)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários