Ninja diz que são os pais que devem educar os filhos e não os streamers

Não pode ser culpado pelo que os espectadores mais jovens dizem.

Ninja é um dos mais populares streamers do mundo e numa recente entrevista com o New York Times, comentou que a sua função não é educar as crianças sobre temáticas mais sensíveis. Essa responsabilidade cabe aos pais.

Com mais de 17 milhões de seguidores no Twitch, Tyler Blevins, o seu verdadeiro nome, foi questionado sobre o comportamento dos jovens que assistem às suas transmissões e aos constantes insultos que proferem, incluindo termos racistas.

Blevins rejeita essa responsabilidade e apesar de o lamentar, afirma que são os pais que devem educar os filhos.

"A tua informação e dados são preciosos e devem permanecem privados, mas é mau existirem miúdos que podem dizer coisas racistas e ser incrivelmente agressivos e ameaçadores para mulheres online e não existirem repercussões," comentou.

"Seria fantástico se quando alguém diz algo ameaçado tu reagirias com, 'Deixa-me procurar pela tag deste tipo neste site', se a lei pudesse fazer isso, não uma pessoa normal, então pronto, 'É o Jimmy. Ele disse isto. Vamos ligar aos pais dele.'"

"Tudo se resume à educação dada pelos pais. Queres saber quem é o teu filho? Escuta-o quando está a jogar videojogos sem ele saber que estás. Eis outra coisa, como é que um miúdo branco sabe que tem privilégio branco se os seus pais nunca lho ensinaram ou falaram sobre racismo?"

Ninja questiona se é o papel dele parar um stream para falar com uma criança que disse um termo racista, algo que nem sequer vale a pena pensar nisso pois certamente será alvo da sátira desse jovem.

Sobre as mulheres, repete que é preciso respeitar todas as pessoas e que as atitudes machistas e inapropriadas perante as mulheres devem ser lidadas da forma correta.

Salta para os comentários (19)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Wii U recebe novo firmware 4 anos após a sua descontinuidade

Apenas melhorias na estabilidade do sistema?

Anunciados os nomeados para os Prémios BAFTA 2021

Jogo do ano para The Last of Us: Part 2?

Razer anuncia a Razer DevCon, um evento para produtores de videojogos

Quer encorajar a integração do seu ecossistema em software e hardware.

Microsoft cancela hype dos fãs, diz que não há anúncios em breve

Rumor apontava que Elden Ring seria mostrado num evento.

Também no site...

Apex Legends Switch mostrado num novo trailer

30 níveis gratuitos e duplo XP nas primeiras duas semanas.

Epic Games compra os produtores de Fall Guys

Nada mudará no futuro da franquia.

Razer anuncia a Razer DevCon, um evento para produtores de videojogos

Quer encorajar a integração do seu ecossistema em software e hardware.

Yakuza: Like a Dragon chegou finalmente à PS5

Quem tem a versão PS4 tem direito a upgrade gratuito.

Comentários (19)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários