Grupo de scalpers alega ter 3,500 consolas PS5 apenas para revender

Perto de mil foram adquiridas na fase de reserva.

A PlayStation 5 está esgotada em praticamente todo o mundo, mas basta passar pelos sites de revenda para encontrar imensas unidades, vendidas a preços verdadeiramente ridículos.

Lançar uma consola a meio de uma pandemia representou inesperadas dificuldades, disse Jim Ryan, CEO da Sony Interactive Entertainment, o que resultou numa procura muito superior à oferta. Sabendo da elevada procura por consolas como a PS5, um grupo decidiu antecipar-se e adquirir o máximo de consolas possível apenas com o intuito de as revender.

Num novo artigo, o BusinessInsider falou com o gestor de um grupo que se organizou no Discord para comprar o máximo de consolas PS5 para depois as colocar à venda por preços exorbitantes. Segundo o gestor desse grupo, foram adquiridas 2,472 consolas PS5 no lançamento, além das quase 1,000 unidades encomendadas em Setembro.

Isto significa que este grupo tem nas mãos perto de 3,500 consolas PS5 para revender ao dobro ou triplo do preço, tentando aproveitar-se dos que querem uma unidade a tempo do Natal e simplesmente não conseguem.

O CrepChiefNotify é um grupo privado no qual trabalham 12 pessoas e é cobrada uma subscrição mínima de 34 euros e a máxima é de 450 euros, permitindo acesso a diversos serviços pensados para facilitar a compra de itens altamente procurados para depois os revender com grande margem de lucro.

Este não é o único grupo pois o gestor conta que existem outros grupos similares em constante competição para descobrir quem consegue apanhar mais destes itens cobiçados e após começarem no negócio das sapatilhas, o isolamento social direcionou as atenções para outros produtos populares, neste caso as consolas de videojogos.

Atentos às datas anunciadas e com recurso a bots, juntamente com software que permite contornar tempos de espera e saltar filas, conseguiram com grande rapidez assegurar de imediato uma incrível quantidade de consolas, mesmo que isso tenha deixado o site de algumas lojas com sérios problemas.

Perante a incerteza sobre quando a situação do stock será resolvida e regularizada, os impacientes que quiserem uma PS5 até ao Natal poderão ser confrontados com revendedores que pedem mais de 1000 euros por uma consola.

Salta para os comentários (57)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (57)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários