Uma parte considerável de Halo Infinite está a ser feita por outros estúdios

343 Industries está com dificuldades de coordenação.

Em grandes produções de videojogos, é raro haver apenas um estúdio a trabalhar em todos os elementos. Muitas vezes as editoras preferem distribuir o trabalho por vários estúdios para acelerar o processo e foi isso o que aconteceu com Halo Infinite.

Um novo relato do Thurrott, que cita várias fontes familiares com o desenvolvimento do novo jogo da série, diz-nos que uma "porção significativa do jogo está a ser externalizado para third-parties". Como já referimos, isto é habitual em grandes produções, mas alegadamente a 343 Industries está com dificuldades de coordenação.

Uma das fontes disse que a externalização da produção é maior do que outros estúdios e que isto já provocou várias dores de cabeça no desenvolvimento. Por exemplo, uma das razões pela qual o trailer de Halo Infinite de 2019 tem melhor aspecto do que o gameplay de 2020 é porque foi encomendado a terceiros. Aparentemente, o jogo não estava jogável com aquela fidelidade visual naquele momento.

Múltiplas pessoas também apontaram as discussões e desentendimentos internos como um problema. Durante a produção de Halo Infinite a 343 Industries já perdeu dois directores criativos. Primeiro foi Tim Longo, que saiu em Agosto de 2019. Depois Mary Olsen assumiu o seu cargo, acabando por sair em Outubro do mesmo ano.

Outra fonte familiar com o que se passa na 343 Industries referiu que a série de Halo para o canal ShowTime tem sido uma distracção significativa para a 343 Industries, muitas vezes tendo prioridade em relação ao jogo. Piorando estes tumultos, a equipa de engenheiros está descoordenada com o departamento de marketing.

Os engenheiros estão a pedir adiamentos, enquanto a equipa de marketing quer continuar com ritmo. Uma amostra deste desentendimento é o anúncio de que o multiplayer de Halo Infinite será gratuito para todos os jogadores. Dias depois a 343 Industries anuncia que Halo Infinite foi adiado para 2021 e que precisa de mais tempo para acabar a produção.

Halo Infinite seria supostamente o grande jogo de lançamento para a Xbox Series X - apesar da existência de outras versões - mas acabou por não conseguir manter essa responsabilidade. Será que perante tanta pressão a 343 Industries vai conseguir cumprir as expectativas?

Salta para os comentários (63)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Halo Infinite poderá ter modo Battle Royale

Ficheiro de áudio na beta assim sugere.

Back 4 Blood recebe trailer dedicado à beta

Já te inscreveste para a luta contra os Ridden?

O que estamos a jogar - 17 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Também no site...

Tales of Arise dura cerca de 50 horas

Equipa usa Berseria como referência.

GTA 5 acima dos 150 milhões de unidades vendidas

Red Dead Redemption 2 acima dos 38 milhões de unidades vendidas.

Comentários (63)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários